i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Telecomunicações

TRF autoriza assinatura de novos contratos de telefonia fixa

  • PorO Globo/Globo Online
  • 21/12/2005 16:25

O presidente em exercício do Tribunal Regional Federal (TRF), da 1ª Região, desembargador Jirair Aram Meguerian, cassou a liminar que impedia a assinatura dos novos contratos de concessão de telefonia fixa, marcada para esta quinta-feira, às 10 horas, na sede da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O juiz acatou o pedido de suspensão da liminar apresentado pela Anatel. Para ele, se os contratos não forem assinados, aconteceria lesão à ordem econômica, além de abalo no mercado financeiro de ações 'já que o preço das ações das empresas em questão sofreria conseqüências.Também haveria impacto na prestação do serviço de telefonia fixa, porque o governo não teria condições de assumir sem planejamento.

" Há expressa previsão contratual de um direito de sua prorrogação, pelo menos por uma vez, pelo período de mais 20 anos" afirmou a Anatel em seu recurso.

Segundo a agência, caso este direito fosse suspenso a União poderia ser obrigada a indenizar as empresas por investimentos realizados, mas que não foram amortizados.

A liminar foi concedida na semana passada pelo juiz da 9ª Vara Federal do Distrito Federal, Antonio Corrê, que acolheu a ação popular impetrada pela Associação Engenheiros em Telecomunicações do estado de São Paulo.

O juiz acatou os argumentos da ação de que as mudanças prejudicam o consumidor. Ele considerou também que não podia ser concedido aumento de tarifas de até 5% acima da inflação para um dos itens da conta telefônica, conforme prevê a legislação de reajuste anual de tarifas aprovada pela Anatel.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.