i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Agronegócio

Produtores preveem aumento de 7% nas exportações de café este ano

A entidade está otimista apesar das vendas externas em julho permaneceram praticamente estáveis em relação ao mesmo período do ano passado

  • PorEFE
  • 08/08/2013 17:51

O país deve exportar neste ano 30,5 milhões de sacas de café, um crescimento de 7% em relação a 2012, segundo previsão divulgada nesta quinta-feira pelo Conselho dos Exportadores de Café (CeCafé).

A entidade está otimista apesar das vendas externas em julho permaneceram praticamente estáveis em relação ao mesmo período do ano passado. O Brasil exportou mês passado 2,16 milhões de sacas do grão, aumento de 1,6% em relação a julho de 2012.

A queda da cotação internacional do café, no entanto, reduziu o valor das exportações de julho em 22,7% em relação ao mesmo mês de 2012, até US$ 339,5 milhões. A queda se deve a redução do preço médio da saca no mercado internacional, de US$ 206,80 em julho de 2012 para US$ 157,29 em julho deste ano.

Apesar disso "esperamos uma recuperação no ritmo das exportações entre os meses de agosto e dezembro, o que nos deve permitir fechar o ano com um volume de café exportado perto de 30,5 milhões de sacas", afirmou o diretor do CeCafé, Guilherme Braga, em comunicado.

As exportações acumuladas do grão nos sete primeiros meses do ano ficaram em 17,09 milhões de sacas, crescimento em relação as 14,77 milhões de sacas do mesmo período de 2012, enquanto o valor recebido caiu de US$ 3,55 bilhões entre janeiro e julho do ano passado para US$ 3,07 bilhões este ano.

Segundo o balanço do CeCafé, a variedade arábica respondeu por 84,8% das exportações brasileiras de café nos primeiros sete meses do ano, seguida pelo café solúvel (10,8%), pela variedade robusta (4,3%) e pelo grão tostado e moído (0,1%).

Os principais destinos da exportação nos sete primeiros meses do ano foram Europa, com 53% das importações, seguido pela América do Norte (22%) e Ásia (18%).

Os Estados Unidos se mantiveram como o maior mercado entre janeiro e julho, com 20% das importações, seguidos pela Alemanha (17%), Japão (9%), Itália (9%) e Bélgica (6%).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.