i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Energia

Reservas de petróleo da Petrobras caíram 20% em 2015

Companhia diz que recuo se deve à revisão técnica dos dados

    • Folhapress
    • 29/01/2016 13:07
     | ABR/Petrobras
    | Foto: ABR/Petrobras

    A Petrobras informou nesta sexta-feira (29) que terminou 2015 com 13,279 bilhões de barris em reservas provadas de petróleo e gás natural. O número representa uma queda de 20% com relação aos 16,612 bilhões de barris registrados no fim de 2014.

    A maior parte da queda, segundo a empresa, refere-se a “revisões técnicas” feitas na avaliação das reservas provadas ao logo de 2015. A partir das revisões, a companhia retirou 2,395 bilhões de barris de suas reservas. No ritmo atual da estatal, o montante equivaleria a quase três anos de produção.

    Foi a primeira queda desde 2009, quando a produção caiu 1,5%. Em 2010, quando foram declarados importantes campos do pré-sal, houve crescimento de 7,5%.

    Brasil retoma autossuficiência em petróleo

    Alta na produção de óleo bruto e queda no consumo de derivados garantiram excedente em 2015, segundo dados preliminares. Para especialistas, conquista tem pouco efeito prático

    Leia a matéria completa

    O indicador de reservas provadas mostra o volume de petróleo e gás economicamente viável que uma petroleira tem sob sua concessão.

    Ao fim de cada ano, as empresas fazem um balanço que subtrai o petróleo produzido e adiciona as novas reservas descobertas durante o ano.

    A Petrobras não informou, no comunicado, qual foi a razão da retirada daqueles barris de sua conta.

    A companhia informa que descobriu apenas 16 milhões de barris em 2015, reflexo da redução dos investimentos na busca por novas reservas. A área de exploração é uma das principais afetadas pelo esforço da empresa para enfrentar a crise.

    Durante o ano, a empresa produziu 932 milhões de barris. Os números referem-se ao critério da Sociedade dos Engenheiros de Petróleo (SPE), que é adotado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

    Por este critério, a empresa fechou 2015 com petróleo suficiente para 14,2 anos de produção, se mantido o ritmo atual.

    Nos critérios da SEC, o xerife do mercado norte-americano, as reservas da Petrobras fecharam 2015 em 10,516 bilhões de barris de óleo equivalente (somado ao gás), também uma queda de 20% com relação ao ano anterior.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.