Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O transporte rodoviário no Paraná responde hoje por 82% do total de cargas transportadas, acima da média brasileira de 62%. No Paraná, 5 milhões de toneladas/mês foram transportadas no primeiro semestre do ano por via rodoviária, representando um aumento de 19% em relação a igual período de 2004, segundo pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT). A média mensal de mercadorias conduzidas no Paraná por via ferroviária no semestre foi de 1,1 milhão de toneladas, enquanto que por via aeroviária somou 380 toneladas/mês.

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Paraná (Setcepar), Aldo Fernando Klein Nunes, o estado conta com 2,5 mil empresas de transportes de carga dos mais diversos portes. Os maiores problemas enfrentados hoje pelo segmento são a pesada carga tributária, pedágios altos e incompatíveis com os benefícios por eles gerados, roubo e má conservação das rodovias.

Com o objetivo de discutir esses problemas, será realizado amanhã e quinta-feira, no Expotrade Pinhais, em Pinhais, o 2.° Congresso Sul Brasileiro de Transporte e Logística. O evento deverá reunir mais de 300 diretores e representantes de transportadoras paranaenses.

Segundo Klein Nunes, o setor no Paraná teve um grande crescimento em 2004 devido à supersafra, sobretudo das empresas que operam o transporte de grãos. Entretanto, a quebra da safra agrícola de verão em função da estiagem acabou comprometendo o desempenho das transportadoras.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]