i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
comércio

“Sem crise”, Black Friday planeja vendas de R$ 2,1 bilhões

Pesquisa mostra que brasileiro está se planejando para o dia de promoções, que acontece em 25 de novembro

  • PorAgência O Globo
  • Rio de Janeiro
  • Agência O Globo
  • 21/09/2016 16:40
 | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Mesmo com a recessão que está deixando o orçamento do brasileiro mais apertado, a expectativa é que as vendas da Black Friday, que acontece no próximo dia 25 de novembro, cresçam entre 20% e 30%. Se isso se confirmar, a estimativa é que os negócios girem entre R$ 1,9 bilhão e R$ 2,1 bilhões ante o R$ 1,6 bilhão do ano passado. Essas estimativas constam de uma pesquisa de intenção de compras encomendada pelo Google Brasil e realizada pela Provokers.

Segundo a pesquisa, este ano, mesmo com a crise, há otimismo com a data porque os brasileiros estão se planejando antecipadamente para a Black Friday. Isso é notado pelo grande número de consultas no Google sobre a data.

Na edição do ano passado, três em cada quatro consumidores online fizeram pesquisas sobre o evento. No Brasil, que já tem cerca de 40 milhões de consumidores online, três quartos já participaram de alguma edição da Black Friday. Na primeira edição, o percentual de consumidores online que comprou pelo menos um item foi de 22%, enquanto no ano passado esse percentual chegou a 64%.

Também há otimismo entre os varejistas porque houve crescimento de vendas em todas as datas especiais, este ano: no Dia das Mães, o crescimento das vendas foi de 8%; de 12% no Dia dos Pais e de 16% no Dia dos Namorados.

O levantamento, que ouviu cerca de 800 pessoas, de 18 a 54 anos, em todas as regiões do país, mostrou que os fatores mais considerados na decisão de compra são preço (42%), parcelamento (21%) e custo de frete (17%).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.