i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Aviação

Sob pressão, Varig define vôos que serão retomados

  • Por
  • 26/07/2006 18:20

Rio de Janeiro – Sob pressão do governo e de órgãos de defesa do consumidor, a Varig informou, ontem, que irá retomar gradativamente sua malha de vôos. A partir de hoje serão restabelecidas cinco rotas domésticas, saindo de São Paulo e Rio de Janeiro – para Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza e Manaus. Na malha internacional estão mantidos os vôos diários para Frankfurt e incorporada uma ligação com Buenos Aires. A empresa se comprometeu a fazer, até a próxima segunda-feira, vôos extras com destino à Europa e a outras capitais da América do Sul.

Na noite de segunda, a Anac determinou que a Varig informasse "imediatamente" os vôos, após ter descumprido outra determinação que pedia que a companhia retomasse, a partir de sexta-feira, os vôos que havia suspendido. A Varig não conseguiu cumprir a determinação, o que tem causado transtornos e tumultos nos principais aeroportos do país.

Na manhã de ontem, o governo resolveu pressionar a Anac por meio do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça, que quer explicações da direção da Varig. A interpretação do DPDC é que há uma espécie de espaço vazio sobre as responsabilidades da empresa.

O Procon-SP pretende abrir um processo administrativo contra a Varig em razão dos cancelamentos de vôos. A empresa pode ser multada em valores de R$ 212 a R$ 3,192 milhões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.