O serviço de ouvidoria dos bancos começa a valer nesta segunda-feira, como determina resolução do Banco Central, para atender às reclamações dos clientes. A ouvidoria será um novo canal de comunicação para o cliente que não ficou satisfeito em um primeiro contato, na agência ou na central de atendimento do banco. Ela terá que encaminhar a reclamação à área responsável e apresentar resposta em, no máximo, 30 dias.

Os bancos que não tiverem instalado a ouvidoria nesta segunda-feira poderão ser multados em até R$ 250 mil.

O serviço não é totalmente novo. Algumas instituições já o têm desde 2005, como é o caso do Bradesco, que recebe 430 reclamações diárias. O Itaú é outro banco que também instalou a ouvidoria há dois anos. Segundo a instituição, neste período, mais de 10 mil atendimentos foram realizados pelo serviço.

O Banco do Brasil, por sua vez, vai oferecer o serviço de atendimento por telefone 24 horas, mais do que exige a norma do BC e do que farão os outros bancos. O BB se compromete entrar em contato com o cliente com uma resposta para a demanda no parzo máximo de 72 horas.

Já o Banco Santander Banespa inaugura sua ouvidoria nesta segunda-feira. "A preocupação com o atendimento e a satisfação de nossos clientes é constante", anuncia um comunicado do banco. Apesar disso, não informa quantos funcionários trabalharão na área, nem o período médio de espera do cliente na linha até ser atendido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]