i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
telecomunicações

TIM planeja cortar R$ 100 milhões por ano em custos trabalhistas

Presidente da TIM Brasil, Rodrigo Abreu, confirma que haverá corte de pessoal. Pelo menos mil funcionários podem ser dispensados, segundo rumores

    • Londres e São Paulo
    • Estadão Conteúdo
    • 16/02/2016 21:30
     | Daniel Castellano/
Gazeta do Povo
    | Foto: Daniel Castellano/ Gazeta do Povo

    O presidente da TIM Brasil, Rodrigo Abreu, disse nesta terça-feira (16) que a empresa vai reduzir custos trabalhistas no país dentro do esforço de ganhar eficiência e cortar despesas em R$ 1 bilhão entre 2016 e 2017. A afirmação foi feita, em Londres, durante a apresentação anual da Telecom Itália, controladora da operadora brasileira, aos investidores.

    “O custo trabalhista é muito impactado pela inflação no Brasil. Vamos reduzir em R$ 100 milhões começando este ano, quando o faremos especialmente nos primeiros meses do ano”, disse o executivo brasileiro aos investidores na Inglaterra. Entre as demais ações previstas pela companhia para cortar gastos em R$ 1 bilhão em dois anos estão novos processos para racionalização e automação de funções, além de otimização de gastos com aluguéis e energia.

    Vivo impõe limite ao uso de dados na banda larga fixa

    Leia a matéria completa

    “Temos de proteger nossos resultados e temos nos adaptar”, disse o executivo. “O foco em eficiência é importante para proteger nossos resultados nesse ambiente.” Segundo Abreu, a companhia não tem uma meta estabelecida com um número de postos de trabalho, mas a intenção é reduzir parte da folha de pagamento. O executivo não confirmou o rumor de que os cortes poderiam atingir até mil empregos.

    “Nós não estamos fazendo um plano de corte de empregos. O que estamos fazendo é um muito amplo plano de aumento de eficiência incluindo processos de reengenharia, na eficiência da infraestrutura e mais controles”, disse. Sem dar detalhes, o executivo afirmou que a empresa está fazendo uma análise de terceirizados e funcionários internos.

    O plano estratégico para os próximos três anos manteve a previsão de investimento de R$ 14 bilhões no Brasil. A cifra exclui os gastos com compra de espectro. Após investir cerca de R$ 4,8 bilhões em 2015, a projeção é que o investimento tenha aumento em 2016, mas passe a diminuir em 2017 e 2018.

    Com essas cifras, a expectativa é que a cobertura 4G da empresa se equipare a 3G por volta de 2017 e a ultrapasse até o fim de 2018, com cerca de 90% da população urbana coberta. Até 2015, a cobertura de 4G chegava a 59% e a de 3G estava em 82%.

    O presidente do grupo Telecom Itália, Marco Patuano, disse estar preocupado com a situação política e econômica do Brasil, mas ressaltou que a empresa investe no longo prazo. “É claro que somos conscientes da atual situação e estamos prudentes com o que podemos e não podemos fazer”, disse.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.