i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Pressões

Tombini afirma que BC não será complacente com a inflação

"A situação da inflação está sob controle", afirmou o presidente do Banco Central

  • PorEstadão Conteúdo
  • 11/10/2014 15:38

O Banco Central não será complacente com a inflação, afirmou o presidente da instituição, Alexandre Tombini, em uma rápida entrevista a jornalistas neste sábado, em Washington. "Quando necessário, e se preciso for, nós saberemos agir para conter essas pressões", declarou o dirigente, ressaltando que o BC vem trabalhando desde o início do ano passado para combater as pressões nos preços. "Uma parte desse movimento de taxas de juros ainda não foi sentido na inflação, ainda será sentido nesse período à frente".

O BC elevou os juros no Brasil entre abril de 2013 e abril deste ano. "Se preciso for, no momento certo, nós estaremos prontos para agir para combater a inflação no Brasil", declarou o presidente do BC. "Temos os índices gerais de preços que ficaram três ou quatro meses no território negativo, com deflação, e voltaram a apresentar este movimento agora em outubro", afirmou ele, ressaltando que as primeiras prévias deste mês dos IGPs indicaram queda no preço.

Além disso, Tombini afirmou que, influenciado pelo comportamento das cotações das commodities, como as agrícolas, o minério de ferro e no petróleo, os índices de preços no atacado também estão caindo. "O fato que nós vimos nos últimos meses, inclusive agora no mês de outubro um processo de deflação nos preços do atacado", segundo ele. "A situação da inflação está sob controle", afirmou o presidente.

Questionado sobre os próximos passos do programa de intervenção no câmbio, que ocorre por meio da venda de swaps cambiais, e acaba em dezembro, Tombini declarou que a estratégia tem funcionado corretamente e sido bem sucedida. "Não tenho notícia sobre o futuro do programa neste momento."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.