i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Empresas

Uso do aplicativo para evitar polícia no Brasil surpreende Waze

O aplicativo, comprado pelo Google em junho, monitora o trânsito através do GPS do celular dos usuários e indica a rota mais rápida para um determinado trajeto

  • PorFolhapress
  • 26/10/2013 07:35

A diretora de parcerias globais do Waze, Di-Ann Eisnor, afirmou que usar o aplicativo de navegação para fugir de radares e blitzes contra direção alcoolizada é uma peculiaridade dos usuários brasileiros do app.

"Essa é uma situação única no Brasil. Nos EUA, a Apple fez uma avaliação [para banir aplicativos que rastreassem batidas policiais] e não tivemos problemas." disse à reportagem.

O aplicativo, comprado pelo Google em junho, monitora o trânsito através do GPS do celular dos usuários e indica a rota mais rápida para um determinado trajeto.

Além disso, usuários podem fazer e compartilhar notificações sobre itens que influenciam no trânsito -como obras e acidentes, mas também como inspeções policiais e radares.

"Fornecer informação sobre intervenções da polícia ajuda o motorista, mas nunca foi nossa intenção que o recurso fosse usado para burlar a lei" diz Eisnor.

A avaliação a que a diretora do Waze se refere foi em 2011, depois que senadores americanos pressionaram Apple, Google e Blackberry a banir aplicativos que ajudassem motorista a escapar das blitze.

Na época, a empresa de Steve Jobs anunciou banimento desses aplicativos, e o Waze não foi afetado.

2º Lugar

Segundo ela, o Brasil tem a segunda maior base de usuários do Waze, perdendo apenas para os Estados Unidos, e se tornou um dos mercados prioritários da empresa.

De passagem pelo país, membros da equipe procuram parcerias com companhias locais para aumentar o alcance do aplicativo. Hoje, colaboram com o COR (Centro de Operações da Prefeitura do Rio); forneceram dados, por exemplo, para ajudar a organização do trânsito durante a visita do Papa, em julho.

Nos EUA e outros países, porém, além de instituições governamentais, o Waze também têm acordos com emissoras de TV e companhias telefônicas.

Waze

Gratuito, o Waze é um aplicativo israelense de "mapa social" para smartphones e tablets, que usa GPS dos celulares e mapas editados por seus usuários para calcular o trânsito das ruas e sugerir a melhor rota para os motoristas.

Em junho, a empresa responsável pelo app foi adquirida pelo Google em um negócio avaliado em US$ 1,3 bilhões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.