Não há atendimento nos guichês da companhia aérea Varig nesta terça-feira, nos aeroportos da Pampulha, na capital mineira, e no Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. Noventa dos cem funcionários da empresa foram demitidos.

Foram mantidos apenas dez empregados, amparados pela lei trabalhista, que impede a dispensa de pessoal afastado depois de apresentar atestados médicos ou por licença maternidade. Desde o dia 21 de junho, a companhia aérea cancelou os oito vôos que operava em Belo Horizonte.

A subsidiária da Varig, a Varig Log, opera normalmente o transporte de cargas no aeroporto Internacional de Confins, na região metropolitana da capital mineira.

Na sexta-feira, a empresa havia anunciado a demissão de 5,5 mil funcionários em todo o Brasil, como fase do projeto de reestruturação da Varig.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]