i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
automóveis

Volkswagen expande operações na China, de olho em carros elétricos

O grupo alemão vai utilizar suas credenciais ambientais para se enquadrar no cenário de mudança econômica no país

  • PorReuters
  • 19/04/2014 11:10

A Volkswagen vai continuar expandindo as operações chinesas e começar a vender carros movidos a bateria no maior mercado de automóveis, num momento em que o país estimula compradores de veículos elétricos para combater a poluição atmosférica.

A VW disse neste sábado (19) que vai adicionar capacidade em seu principal mercado, o destino de mais de um terço dos seus 2,4 milhões de entregas do grupo no primeiro trimestre.

Entregas do grupo VW pode aumentar para mais de 3,5 milhões de carros este ano, ante 3,27 milhões em 2013, afirmou o presidente-executivo da empresa, Martin Winterkorn.

O grupo alemão, uma das primeiras montadoras globais a instalar linhas de produção na China durante a década de 1980, vai utilizar suas credenciais ambientais para se enquadrar no cenário de mudança econômica no país, que está deixando de lado o foco em indústria pesada.

O governo anunciou em fevereiro a disponibilidade de 10 bilhões de iuans (1,61 bilhão de dólares) para ajudar a mudar a maneira como produz e consome energia. O objetivo é promover a tecnologia verde e de baixo carbono para reduzir o consumo de combustíveis fósseis e controlar o consumo de carvão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.