i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Vestibular 2006

Candidatos da PUC-PR evoluem na prova de Redação

  • PorGazeta do Povo Online Informações: Luigi Poniwass – Gazeta do Povo
  • 21/12/2005 14:56

Os corretores das provas de Redação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) notaram melhoras no nível dos candidatos no concurso deste ano, realizado no último fim de semana. A prova pedia aos 12.542 candidatos textos curtos, de no máximo 13 linhas, sobre questões ambientais.

O primeiro era argumentativo, no qual o aluno devia responder se os países devem ou não aderir a um acordo para a redução de gases na atmosfera. No segundo, era preciso interpretar os dados de duas tabelas publicadas pela Gazeta do Povo em junho de 2004, sobre espécies animais ameaçadas de extinção e as principais ameaças, criando um texto interpretativo, como se fosse publicado em um jornal ou revista.

Segundo a professora Marcella Lopes Guimarães, que integra a Comissão de Vestibular, a proposta desse ano foi um incentivo à argumentação, dando margem a releituras dos temas apresentados. "Notamos uma evolução, de um modo geral os estudantes conseguiram fazer uma leitura competente e um registro bem satisfatório", disse. Até a manhã desta quarta-feira, dia em que as provas começaram a ser corrigidas, foram registrados duas notas 10 e nenhum zero. A média girava entre 5 e 7. Ainda não um balanço geral sobre a correção.

O coordenador da equipe, professor Jayme Bueno, afirmou que muitos demonstraram conhecimentos em áreas como Geografia, Química e Física. "Também pareciam inteirados do noticiário e de questões atuais, sabiam explicar o protocolo de Kyoto, manifestaram uma mentalidade preservacionista e uma preocupação com o meio ambiente", comentou.

Apesar da evolução, os corretores perceberam que entre as principais limitações está a repetição de informações do enunciado, em forma de paráfrase. Na primeira questão, segundo a professora Marcella, o que transpareceu foi uma certa fragilidade na argumentação. "Eles se posicionaram, transcenderam as informações da prova, mas apresentaram os argumentos de uma forma acanhada".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.