i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Volta às Aulas

5 consequências da suspensão prolongada das aulas para alunos das escolas públicas

  • Por Gabriel Rodrigo Sestrem
  • 19/12/2020 20:26
5 consequências da suspensão prolongada das aulas para alunos das escolas públicas
| Foto: AFP

No Brasil, quatro a cada cinco crianças e adolescentes estão matriculados em escolas públicas, sendo 48,1% nas redes municipais e 32% nas estaduais, conforme dados do Censo 2019. Apesar de ainda haver baixa adesão, boa parte dos estados e capitais brasileiras já autorizaram o retorno às aulas presenciais na rede particular de ensino. Na rede pública, porém, esse retorno tem sido bem mais lento, e os alunos ainda passam por grandes indefinições quanto à volta às aulas presenciais.

Além disso, há um outro agravante: escolas públicas tendem a apresentar capacidade mais lenta de recuperação da aprendizagem perdida em 2020, de acordo com especialistas em educação consultados pela reportagem.

Com a indefinição do calendário de volta às aulas presenciais, alunos de instituições públicas, que desde o início da pandemia passam por maiores desafios e complicações referentes ao aprendizado ainda podem permanecer por meses fora das escolas, sujeitos a impactos relacionados não somente à educação, mas também à saúde, ao desenvolvimento emocional, à assistência social e até mesmo à própria segurança.

O Unicef tem se manifestado com frequência a favor da reabertura das escolas. Em um comunicado oficial divulgado em 11 de dezembro, a agência da ONU informa que, nove meses após o início da pandemia no Brasil, a situação de crianças e adolescentes se agravou, particularmente, entre as famílias mais pobres. Com dados da segunda etapa da pesquisa “Impactos Primários e Secundários da Covid-19 em Crianças e Adolescentes”, realizada pelo Ibope Inteligência a pedido do Unicef e divulgada na semana passada, a entidade reforça a preocupação com o direito à educação e joga luz aos demais impactos gerados pelo fechamento das escolas.

“A pandemia tem atingido crianças e adolescentes desproporcionalmente, sobretudo, aqueles que vivem nas famílias mais pobres. A queda da renda familiar, a insegurança alimentar e, praticamente, um ano de afastamento das salas de aulas terão impactos duradouros na vida de meninas e meninos”, diz Florence Bauer, representante do Unicef no Brasil. Florence afirma que o longo tempo de fechamento de escolas e o isolamento social têm impactado profundamente não apenas a aprendizagem, mas também a saúde mental e a proteção de crianças e adolescentes.

“O Unicef pede urgência aos novos governantes municipais para a reabertura de escolas com segurança e a implementação de políticas para garantir o direito à educação, olhando especialmente para as crianças e os adolescentes mais vulneráveis, que foram mais duramente impactados pelos efeitos da pandemia no País”, declara.

Veja abaixo as 5 principais consequências da suspensão prolongada das aulas presenciais para crianças de escolas públicas.

1. Impactos diretos no aprendizado

O prejuízo decorrente do fechamento das escolas que é mais facilmente observado relaciona-se às perdas no aprendizado. Para Carolina Campos, educadora e fundadora do Instituto Vozes da Educação, a desigualdade educacional no Brasil já era crônica e passou por um aumento agudo desde o início da pandemia. “Aquela desigualdade que já havia antes da pandemia, ou porque alguns pais não eram alfabetizados, ou porque algumas crianças tinham mais acesso a recursos educacionais do que outras, sempre existiu. Agora temos também a desigualdade da criança que não teve acesso ao ensino remoto porque não tinha internet ou recursos tecnológicos, porque não teve acesso à merenda escolar, não teve apoio dentro de casa para os estudos, não teve recursos oferecidos pelas próprias escolas”, declara a educadora.

Carolina destaca que evidências científicas apontam que crianças que ficam fora da escola por longos períodos não somente deixam de adquirir novos conhecimentos, mas também perdem parte dos conhecimentos que já estavam consolidados.

De acordo com João Batista Araujo e Oliveira, doutor em Educação e presidente do Instituto Alfa e Beto, a faixa etária que terá maiores impactos em seu aprendizado será a de crianças em idade de alfabetização. “Todas as crianças que ainda não foram alfabetizadas terão mais dificuldades porque ainda não têm autonomia para os estudos. É a alfabetização que dá autonomia, e por isso essas crianças terão mais prejuízos”.

A fundadora do Instituto Vozes da Educação endossa que alunos em fase de alfabetização foram mais impactados neste ano, da mesma forma que alunos que estão terminando o ensino médio ou encerrando etapas de ensino. “É muito ingênuo achar que vamos recuperar essa aprendizagem no ano que vem. É um processo de anos”, observa.

2. Maior probabilidade de evasão escolar

54% dos pais de alunos de escolas públicas declaram que seus filhos estão desmotivados com a rotina de ensino remoto e 30% temem que eles abandonem os estudos durante a pandemia, aponta a pesquisa “Educação não presencial na perspectiva dos estudantes e suas famílias”, do Datafolha. O estudo, divulgado em outubro, foi feito com 1.021 pais ou responsáveis de estudantes com idade entre 6 e 18 anos das redes públicas municipais e estaduais.

De acordo com a pesquisa PNAD Contínua 2019, do IBGE, a necessidade de trabalhar foi o principal motivo para a evasão escolar (com 39,1%) seguido da falta de interesse (29,2%). Entre as mulheres, a gravidez soma 23,8% das causas de desistência. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, os três motivos tendem a ser potencializados pelos efeitos socioeconômicos da pandemia e do fechamento das escolas e contribuem para o aumento do abandono escolar.

“Para o ano que vem a evasão escolar será uma das grandes questões. Muitas dessas crianças e desses adolescentes não voltam porque as meninas engravidaram ou entraram no mercado de trabalho para ajudar em casa, os meninos também começaram a trabalhar ou até mesmo entraram para o tráfico”, afirma Carolina. “Para trazer esses adolescentes novamente à escola é muito difícil. Muitos deles estão entrando no mercado de trabalho porque as famílias precisam da renda que eles trazem”.

Como já mostrado pela Gazeta do Povo, a formação educacional incompleta decorrente da evasão escolar se traduz em salários mais baixos, pior qualidade de vida e maior exposição à violência, além de prejudicar a coletividade e o crescimento do país, já que esses jovens vão contribuir menos para a produtividade econômica.

3. Impactos na saúde emocional e física

De acordo com Daniel Becker, pediatra e mestre em Saúde Pública pela Fiocruz, o fechamento das escolas pode impactar diretamente a saúde emocional das crianças e adolescentes. “Com a pandemia e o fechamento das escolas, o direito à educação ficou ainda mais restrito. E as crianças, dentro da sua realidade, estão sujeitas não só às consequências da perda de conhecimentos, capacidades e habilidades, mas também de outros elementos essenciais da escola, como a socialização com outras crianças e o contato com os professores, que para elas são figuras-guia”, afirma o pediatra, que é um dos coordenadores da campanha “Lugar de Criança é na Escola” – iniciativa com o objetivo de mobilizar a sociedade e o poder público para aumentar o investimento nas escolas públicas e garantir estrutura mínima para o retorno seguro às aulas presenciais.

Becker explica que a escola, sendo o primeiro espaço público da criança, oferece aprendizados importantes não somente em sala de aula, mas nos intervalos, nos encontros, no recreio, nas conversas. “Nesses momentos elas aprendem tanto quanto na sala de aula. Essa perda é muito significativa”, afirma.

O pediatra também aponta possíveis perdas relacionadas à imunidade das crianças. “Há falta de interação com outras crianças e falta de contato com a natureza, que são fortalecedores da imunidade”. Becker afirma que há vários outros fatores decorrentes da pandemia e do isolamento social, que incluem o sedentarismo, a alimentação inadequada e até mesmo o uso excessivo de álcool-gel, que podem contribuir para que as crianças tenham pior imunidade nos próximos meses. “Estamos diante de uma terceira onda, digamos assim, que virá em março e abril. É uma época de muitas viroses, e é perigoso enfrentar essa onda sem vacina, sem escolas abertas – que são protetoras das crianças – e sem um controle mínimo da pandemia”.

4. Prejuízos à alimentação

Segundo levantamento do Unicef, apenas 45% das famílias que possuem crianças e adolescentes em idade escolar matriculadas em instituições públicas de ensino receberam alimentação da escola durante o período de fechamento por causa da Covid-19. Entre as famílias com renda de até um salário mínimo, 42% deixaram de ter acesso à merenda escolar durante a pandemia. A alimentação recebida na escola é fundamental para garantir a segurança alimentar de crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade.

“Na rede pública, muitas das crianças vão para a escola para poder se alimentar. É incontável a quantidade de famílias brasileiras que mandam suas crianças para as escolas porque lá vão ter a única refeição de qualidade do dia”, aponta a fundadora do Instituto Vozes da Educação.

A educadora explica que apesar das iniciativas de vários estados para fazer com que a alimentação chegue à casa das famílias carentes durante a pandemia, os estados não são responsáveis por toda a educação em seus territórios, então os níveis de ensino atendidos pelos municípios não estão sendo beneficiados com essas medidas.

“O estado do Ceará, por exemplo é responsável só pelo ensino médio. Os níveis infantil e fundamental são de responsabilidade dos municípios. Já em Minas há creches que são de responsabilidade do estado. Mas a responsabilidade dos entes federados varia muito. No Ceará, as crianças da rede estadual estão recebendo vale alimentação. Mas e as crianças que estão vinculadas à rede municipal?”, observa Carolina.

5. Maior exposição à violência

A escola pública, além de um local propício para o aprendizado, o lazer e a alimentação, também é um local seguro para que pais que trabalham fora de casa deixem seus filhos. Durante a pandemia, muitos desses pais ou responsáveis não têm condições de trabalhar em home office e se veem obrigados a deixar os filhos em creches clandestinas, na casa de outras famílias e, na impossibilidade de um local com o mínimo de segurança, muitas vezes crianças e adolescentes ficam sozinhos em casa ou nas ruas, o que aumenta a possibilidade de exposição a todos os tipos de violência.

Desde os primeiros meses da pandemia do coronavírus, o Unicef tem alertado que crianças e adolescentes se tornam especialmente vulneráveis no contexto da pandemia do coronavírus, e podem estar expostos a situação de violência física, sexual e psicológica.

“Na época da epidemia de ebola, em algumas comunidades de Serra Leoa houve aumento de 65% na gravidez na adolescência como consequência da ausência do ambiente escolar. Daqui a algum tempo vamos entender o impacto dessa pandemia na gravidez de adolescentes”, lamenta Carolina Campos.

20 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 20 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • F

    Flavio Pereira

    03/01/2021 23:37:05

    Pura hipocrisia ao falar volta às aulas, uma vez que a sociedade não valoriza os professores e nem luta em favor dos educadores quando o governo massacra os docentes na luta por uma educação de qualidade e valorização da carreira do magistério.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • C

      Carlos Eduardo

      22/12/2020 14:55:36

      Mas o clube de férias dos professores paulistas em Peruíbe foi aberto por conta da "demanda dos associados", então, praia e sol devem ser o imunizante necessário. Pelo menos para a hipocrisia revolucionária...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Z

        Zequinha

        21/12/2020 0:57:19

        Até parece que no ensino convencional os alunos eram muito interessados...

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • S

          Saber é poder

          20/12/2020 16:42:05

          Não queremos "professores" como Monique Emer com nossos filhos.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • M

            Margarete Kolczycki Borges

            20/12/2020 15:09:52

            Se depender dos professores e do governo do estado não volta nem 2021

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • L

              Leandro Castro

              20/12/2020 14:22:12

              Muito bom texto! Repleto de verdades e princípios, no entanto, dados de 2019, quando as aulas estavam presenciais, não se aplicam a 2020. Sou professora (esposa do Leandro) da rede municipal, as causas de evasão por falta de interesse devem ter aumentado em grande escala com toda certeza, mas por procura de emprego por adolescentes para ajudar em casa não faz sentido afirmar haja vista que houve queda no emprego e não ascensão. Meninas grávidas e alunos envolvidos com drogas sim deve ter sido outra grande causa da evasão, uma vez que, como muito bem diz o texto, a vulnerabilidade aumentou com os alunos fora da escola. O município de Manaus distribuiu merenda escolar.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • C

                CLEUSA

                20/12/2020 14:01:17

                Um texto bem catastrófico! Parece até que estávamos em primeiro lugar nos testes de PISA! Essa pandemia nos mostrou também que não basta estar "plugado" agarrado ao celular dia e noite. Nos resta agora torcer para que todas as crianças recuperem o que foi perdido e que os pais assumam que é necessário ajudar sempre!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • P

                  Paulo Muro

                  20/12/2020 13:48:46

                  O prejuízo com esse ano perdido dificilmente será recuperado. Essa turma que fica defendendo quotas, falando da desigualdade e querendo igualdade nivelando por baixo em vez de ampliar oportunidades, em sua maioria defende a escola fechada. Pois bem. Ainda que para todos o prejuízo será grande, para as famílias de maior renda ser mais fácil a recuperação. Já para muitas famílias, as mais pobres, não haverá recuperação. A tal desigualdade estará aumentada. Junta-se a esses um bando que se intitula professores. Professor de verdade não é mero cargo. Professor é um ato de devoção. Um Professor (com P maiúsculo) não faria pressão para manter escolas fechadas.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  1 Respostas
                  • S

                    Saber é poder

                    20/12/2020 16:40:26

                    Apoiadíssimo!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                • G

                  Gerson Luis Maciel

                  20/12/2020 13:20:08

                  Todos fomos atingidos pela pandemia. É natural que haja essas consequências, mas o mais importante é que todos saíamos com vida. Antes com déficit de aprendisagem, blá, blá, blá, .. do que chorar a morte de um ente querido.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • S

                    Sabrina Tomaz Moreira Lima

                    20/12/2020 12:58:54

                    Infelizmente para a classe política está ótimo porque um povo sem instrução, sem conhecimento é mais fácil de manipular.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    1 Respostas
                    • S

                      Saber é poder

                      20/12/2020 16:39:40

                      Isso foi no antigo governo. O MEC atual está renovando o ensino, oferecendo cursos novos de material fônico, com valores bonitos. De 2003 até agora, os livros didáticos eram só militância, racismo e bandidolatria. Um verdadeiro lixo contaminando as criancinhas. Dinheiro público jogado para baratas, aranhas, traças. As coisas vão melhorar. Mas, para isso, temos que nos informar e apoiar essas iniciativas corajosas.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • E

                    Eden Lopes Feldman

                    20/12/2020 12:05:51

                    Embora o problema exista, e o texto examina bem a situação, acredito que deverá ser diluído ao longo do tempo, mas é bem provável que o congresso ideológico vai acabar criando "cota" para os que estavam em escolas públicas na pandemia. Este é o Brasil político que adora criar soluções "práticas" para esconder a habitual ineficiência das instituições públicas no país. Somos o país que a constituição nos garante apenas direitos, deveres....apenas do estado.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • I

                      Igor Guedes

                      20/12/2020 9:26:27

                      Temos que ter cuidado ao endorsar essas supostas consequencias. Muitos profissionais apresentam essas informaçoes com o pressuposto de que o ambiente familiar é hostil, enquanto que o ambiente escolar é redentor para a criança.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • S

                        Saber é poder

                        20/12/2020 7:17:24

                        Muita mentira nesse texto. Verdade é que muitos 'professores' va ga bun dos' inventaram essa bobajada de gripe para não trabalhar. Vejo crianças estudando em casa, sem aquela doutrinação esquerdista, droguista, pobrista racista e bandidólatra das salas de aula. Felizes, longe de bullying, violência, drogas, sexualização precoce. Assim como escreveu Foucault, escolas são como presídios disfarçados. O acesso digital está cada vez maior e mais rápido. Não acreditem nesse tipo de discurso de esquerda destruitiva. Família e fé individual acima de tudo. Viva o homeschooling e o direito de estudar como, onde, com quem quiser.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        5 Respostas
                        • P

                          Paulo Muro

                          20/12/2020 18:59:47

                          Torço para que consigamos mudanças que tornem a atividade de professor atraente suficiente para atrai gente boa para essa nobre missão, hoje ocupada por quem busca licenças, "direitos", e comodismo. O resultado será avaliado pelo desempenho e pelo interesse dos alunos pela escola. Meu respeito pleno a todos os professores de verdade.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • S

                          Saber é poder

                          20/12/2020 16:35:21

                          Não sou contra as escolas. Sou contra ESSA escola pública contaminada por décadas pela esquerda. Também sou contra a obrigatoriedade em ficar preso dentro de escolas com professores sindicalistas militantes. Não quero que meu filho fique num lugar desses. Aliás, não quero que nenhuma criança fique num ambiente tomado de violência e aliciação. A escola pública tem que ser limpada, renovada, longe de crimes e criminosos. Daí sim, defenderei de corpo e alma esse lindo lugar.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • S

                          Saber é poder

                          20/12/2020 16:32:15

                          Concordo contigo, Weintraub é ótimo. A esquerdalhada tentou acabar com ele, mas ele ainda está na ativa. Ele lançou um curso muito bom de método fônico, sem aqueles livros de doutrinação (que estão jogados na poeira, milhões de dinheiro público para traças). Tomara que engate esse novo caminho suave da educação. O Brasil será melhor daqui a alguns anos.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • P

                          Paulo Muro

                          20/12/2020 14:23:23

                          O ministro Abraham Weintraub, estava tentando acabar com a aberração. O que aconteceu? A esquerda “aberracionista”acabou com o ministro.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • P

                          Paulo Muro

                          20/12/2020 13:31:59

                          Misturou as coisas. Aliás, misturou muitas coisas diferentes. É muito importante o DIREITO ao homeschooling. Outra coisa é NEGAR o direito à escola. Homeschooling atende famílias capazes de prover recurso necessários a um bom aprendizado e outros para atender outras necessidades sociais de seus filhos. Como imaginar homeschooling em famílias da enorme população pobre, sem recursos sequer para alimentação saudável? Então para resolver uma aberração pelo uso inadequado da estrutra educacional, acaba-se com a educação. Não seria mais razoável acabar com a aberração?

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                      Fim dos comentários.