i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ignorância científica

“Falácia socioconstrutivista”: Pedagogia brasileira nega ciência há 20 anos

  • Isabelle BaronePor Isabelle Barone
  • 08/03/2020 20:47
Imagem registrada durante manifestação em favor da educação. As teorias do psicólogo Piaget são totalmente contestadas pela ciência cognitiva.
Imagem registrada durante manifestação em favor da educação. As teorias do psicólogo Piaget são totalmente contestadas pela ciência cognitiva.| Foto: Divulgação USP

A ignorância científica atrasa a educação do nosso país há pelo menos 20 anos. E permanecer refratário aos achados da ciência não apenas nos coloca nos últimos patamares em rankings internacionais que medem a qualidade da educação no mundo. Na prática, esse cerco ao conhecimento adoece o ensino do "chão da escola" e faz com que alunos tenham desempenho sofrível.

No que se refere à qualidade da leitura-escrita dos estudantes brasileiros, a responsabilidade maior, sem dúvida alguma, é da "falácia socioconstrutivista", afirma Kátia Simone Benedetti, que estuda a abordagem educacional cujos fundamentos divergem da ciência.

Professora da rede municipal de Itatiba, em São Paulo, ela reuniu experiências e descobertas da própria prática docente de aproximadamente 20 anos em um livro, para esclarecer e divulgar o motivo pelo qual milhões de alunos deixaram de aprender a ler e escrever adequadamente.

A raiz do problema é antiga, da década de 90, pelo menos, de acordo com a autora, quando princípios falaciosos passaram a dominar as academias de ensino, documentos oficiais curriculares e materiais didáticos. Desde então, segundo ela, com a ciência cognitiva completamente menosprezada, os índices de qualidade despencam e alunos têm apresentado falhas no aprendizado quase que irreversíveis.

Mas após anos de "sono profundo", o país parece despertar para o que há de mais conveniente à luz da ciência. Medidas como a nova Política Nacional de Alfabetização e a Conferência Nacional de Alfabetização Baseada em Evidências Científicas (Conabe), por exemplo, revelam que estamos a caminho de bons resultados, a médio e longo prazo. Há, por outro lado, desafios que não são de fácil solução, como a total reformulação da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Construtivismo e socioconstrutivismo

A abordagem socioconstrutivsta tem sido acolhida no Brasil desde a década de 1990. Sua origem está relacionada à aglutinação de, pelo menos, duas teorias psicopedagógicas: a Psicogênese da Língua Escrita, da psicóloga Emília Ferreiro, discípula do construtivismo do psicólogo Jean Piaget, e a Formação Social da Mente, obra representativa dos pressupostos sociointeracionistas do psicólogo russo Lev Vigotsky.

De acordo com Benedetti, essas teorias psicopedagógicas passaram a fundamentar e fomentar a abordagem global de ensino, aquela que rejeita a “fragmentação” do conhecimento em conteúdos específicos e de seu ensino progressivo. Além disso, a leitura e a escrita deixaram de ser consideradas como uma aquisição, um aprendizado que necessita de ensino explícito formal e passaram a ser consideradas como parte do processo de desenvolvimento cognitivo da criança.

Sendo assim, segundo ela, passou-se a acreditar que, para que se tornassem sujeitos de seu próprio conhecimento, ao invés de receberem ensino explícito por parte de um professor, as crianças devem agir com autonomia (empoderamento, na linguagem atual) diante do próprio aprendizado.

Já consolidada no meio acadêmico, a abordagem se tornou base para a elaboração de políticas públicas, como os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) de 1998, além de outros documentos oficiais das gestões passadas do MEC. Currículos pedagógicos em universidades e materiais didáticos, em sua grande maioria, permanecem até hoje condicionados a esse viés teórico.

"Infelizmente, o socioconstrutivismo passou a ser o aporte teórico não apenas dominante na área educacional brasileira, mas praticamente absoluto", lamenta Kátia. "Essa miscelânea teórica foi progressiva e ininterruptamente ampliada na academia e pela academia, que a adaptou e transformou em propostas pedagógicas variadas".

Depois de todo esse sincretismo teórico, afirma Kátia, "a alfabetização e o ensino de língua portuguesa renderam-se completamente à teoria histórico-crítica da linguística da enunciação, segundo a qual a língua não deve ser concebida como um sistema, mas sim como um objeto social".

Mas, afinal, qual o problema com essa abordagem que domina a educação no país? Em suma, Piaget, Emília e Vygotsky vão na contramão da ciência.

A programação do cérebro

As descobertas do linguista e cientista cognitivo Noam Chomsky foram marco na história, conta Benedetti. Ele identificou uma predisposição no cérebro humano para a aquisição da linguagem verbal. Isso significa que, naturalmente, pelo simples fato de estarmos inseridos em ambientes letrados, aprenderemos a falar. Nosso cérebro foi programado para isso.

O equívoco socioconstrutivista foi considerar que esse mesmo padrão identificado por Chomsky se aplicaria à aquisição da leitura-escrita. O que, ela frisa, é totalmente inverídico. "A escrita, portanto, evoluiria espontaneamente em cada criança [...] desde que devidamente estimulada”, diz Kátia sobre a proposta de Emília, por exemplo.

Como explicou a Gazeta do Povo, no entanto, embora nosso cérebro tenha uma predisposição para a fala, esse órgão não é programado para ler, porque a escrita é um código cultural inventado pelo ser humano, só sendo possível aprendê-lo por meio do ensino sistemático e explícito.

É um equívoco, portanto, equiparar a natureza da linguagem oral à natureza da linguagem escrita. "A linguagem escrita é um artefato cultural e não um produto da psicogenética do desenvolvimento cognitivo. [...] Não é um aprendizado psicogenético no sentido de ser inato, pré-programado pela nossa bagagem biológica hereditária e despertado pela interação com o meio, tal como defendem os socioconstrutivistas", escreve a professora no livro.

"O resultado disso foi que pedagogos e professores alfabetizadores formados da década de 1990 em diante começaram a ir para as salas de aula com uma visão completamente equivocada sobre alfabetização, sobre como ensinar português, como a criança se apropria do sistema escrito, sem saber conduzir esse processo", lamenta a autora. Há quem defenda, inclusive, que o campo da pedagogia fracassou após se apropriar de abordagens dessa natureza.

Professor não é mais tão importante

A visão do socioconstrutivismo sobre a aquisição da fala está ligada a uma questão ainda mais profunda: o papel do professor no processo de ensino. Uma vez que se considera que a criança tem capacidade de fazer suas próprias descobertas no ensino, a hierarquia professor-aluno não é mais tão importante.

A partir de então, todo e qualquer ensino explícito, progressivo e sistemático foi sendo considerado um "grave erro" pedagógico e, mais ainda, como "totalitarismo", afirmou Benedetti.

"O ensino explícito e transmissivo de conteúdos é condenado por essa corrente pedagógica, que considera o aluno um sujeito 'autônomo' que não deve ser apenas 'passivo' dos conteúdos. Ele deve, ao contrário, elaborar hipóteses próprias sobre o funcionamento do código escrito", explica Kátia. "Métodos e cartilhas [...] passaram a ser considerados também como ferramentas disciplinadoras e opressoras, instrumentos de poder da hierarquia escolar que diminuíam o direito de falar dos alunos, ou o seu direito de se expressar como sujeitos."

Com a lógica invertida, na verdade, foi colocado um "fardo" sobre os ombros dos alunos, que passaram a ter de reinventar a roda, como afirmam estudiosos do tema. O ensino sistemático e explícito serve justamente para facilitar o processo de aprendizagem, mas os socioconstrutivistas abriram mão dessa ferramenta e jogaram a responsabilidade para o aluno.

No entanto, a própria ciência explica que os estudantes não desenvolvem essas descobertas por si próprios. Não, pelo menos, nos anos iniciais da educação.

Contraditoriamente, segundo a pesquisadora, os próprios professores negam seu papel no ensino, e há quem intimide colegas da área por não concordarem com esses pressupostos. "Professores que alfabetizam através de métodos sintéticos, como o fônico [contrário à abordagem global], são comumente perseguidos, diante de um cenário de confusão entre “ensino tradicional” e má didática. Há recriminação, por parte dos não adeptos, a estratégias de decodificação grafofonêmica da leitura, o que veio a se tornar uma espécie de dogma pedagógico nas academias", diz Kátia.

Sequelas

“Completamente alheios à realidade concreta das salas de aula de alfabetização e das necessidades de professores e alunos, esses teóricos permaneceram criando conceitos e pedagogias, deslumbrados com sua própria potência intelectual e indiferentes à derrocada da qualidade do ensino nacional”, diz Kátia, em um trecho, acompanhado de índices do Brasil no exame Pisa: ano 2000, por exemplo, último lugar, 32ª posição entre 32 países; ano de 2003, 38ª posição entre 41 países, ano de 2006, 49ª posição entre 56 países, ano de 2009, 53ª posição entre 65 países; ano de 2012, 58º lugar, entre 64 países, ano de 2016, 59ª posição entre 70 países.

Os índices não são números por si só, diz ela. Eles revelariam os problemas ocasionados por essas abordagens na educação brasileira. "Conheço alunos, inclusive de escolas particulares, que têm os mesmos problemas que os alunos de escolas públicas. É um padrão de erros, sequelas", diz a autora à Gazeta do Povo. "Erros de ortografia, sobretudo, pois eles não têm noção do uso correto das letras. Aglutinação de palavras, pois não têm noção da categoria da palavra. Expressões como 'por isso' acabam sendo aglutinadas. A sequela que eu acho mais nociva é a não identificação da sílaba tônica nas palavras. Alunos de 9º ano quando leem a palavra fúnebre, por exemplo, ignoram o acento, e leem funébre. Míope, leem miópe", conta.

"Inacreditavelmente, por mais que os profissionais da educação passem muito tempo discutindo as possíveis causas do mau desempenho dos alunos e de suas dificuldades em encontros, [...] nada se fala sobre o que a ciência tem trazido para ajudar as crianças a aprender melhor", diz ela. "Enquanto países sérios investem em ciência da educação, o Brasil permanece promovendo o contraproducente model de ensino 'histórico-crítico' progressista, e quem está pagando o preço por essa irresponsabilidade são as nossas crianças".

41 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 41 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • S

    Salvador

    ± 180 dias

    Mais um crime cometido pela extrema esquerda.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • R

      Rodrigo Gomes

      ± 185 dias

      Verdadeiras gerações intelectualmente perdidas. Um verdadeiro crime contra a humanidade.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • B

        Bruno Varotto

        ± 186 dias

        Excelente reportagem da Gazeta. Oque a professora traz é um panorama geral do que virou o nosso ensino. É só sairmos nas ruas para vermos o caos que está a educação das pessoas . Outro dia entrevistei 5 pessoas para uma vaga de secretária. No curriculum todas com segundo grau completo que era oque eu precisava, pois eu não estava exigindo experiência . Todas as candidatas eram analfabetas funcionais. Não sabiam falar, escrever ou fazer contas. Algo vai de muito errado na educação .

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • L

          Luciana Oliveira

          ± 186 dias

          Patrícia arrasou nos comentários. O texto parece um release sobre o livro. E mesmo assim com falhas conceituais; e palavras aplicadas de forma equivocada.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • L

            Luciana Oliveira

            ± 186 dias

            As escolas mais destacadas de São Paulo usam o método socioconstrutivista hoje. E não é bem assim como a professora em questão diz (a academia distante da prática, como sempre). Meu filho lê e escreve muito melhor do que muito adulto. E o professor continua sendo referência dentro da sala de aula. Eles, sim, partem de hipóteses, fazem o aluno pensar, e chegam à regra formal. A diferença é que no ensino tradicional se decora, no construtivismo, entende-se.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • M

              Marcus Paulo

              ± 186 dias

              Temos que usar o termo MÉTODO TRADICIONAL sem achar que estamos parados no tempo, como muitos costumam dizer...o método tradicional de uso de fonemas , sílabas sempre deu certo... hoje temos a tecnologia pra agregar ao método que me ensinou a ler há 40 anos atrás. O mundo está mais fácil do que de décadas, portanto é agregar ferramentas novas aí método comprovadamente eficiente e não esse construtivismo sem pé nem cabeça fracassado.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • I

                IvoHM

                ± 186 dias

                Esse verdadeiro crime com nossas crianças começou a ser implantado no governo FHC, com o ministro Paulo Renato e Dona Ruth Cardoso. Grandes picaretas safados. Os dois últimos já estão no inferno, o outro ainda faz uma hora extra pra sentar-se no colo do capeta.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • M

                  Marco Aurelio Borges

                  ± 187 dias

                  Não entendi, se esse método socioconstrutivista foi fomentado pelos esquerdistas que dominam a educação no Brasil, e dentro dessa forma de ensino o "Professor não é mais tão importante”, então porque fazem tanta greve pela valorização do Professor, já que o método é feito para o aluno ficar livre, falar e pensar o que quiser, sem o professor intervir, liberdade sem responsabilidade, paixão de todo esquerdista, menos na hora de cobrar seu valoroso salário público, ou sua verba sindical, que ai tem que ter dinheiro sempre dos que tem responsabilidade e sustentam a máquina.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • B

                    Breno

                    ± 187 dias

                    Todos o diplomados dirigirão no Uber com muita dignidade. Parabéns PT pelo diploma de frustrado! O de ****** já é pré-requisito.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • S

                      salcutrim

                      ± 187 dias

                      Acho mesmo que o Brasil entrou por lados obscuros, mas foi o pensamento esquerdista. Primeiro aquele que diz que criança nao pertence a familia, mas ao estado e eu ouvi o molusco falar dessa forma. Professores mal pereparados que so ensinam revolução russa, um erro hsitorico que nem mesmo os russos querem estudar mais. Minha filha mais nova esta numa escola estadual. Ela tem que ajudar o novo professor de matematica a ensinar matematica, mas ele ensina socialismo. As outras duas, gracas a Deus estudaram em casa e hoje estao na faculdade nos EUA. Temo pela mais nova. E acho que essa senhora tambem tem vies esquerdista. O pais precisa de uma reforma completa.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • M

                        Marcelo

                        ± 187 dias

                        Aprendi tudo antes de 1990. Criança não assumia o próprio aprendizado. Éramos conduzidos. Agora as crianças vão virando analfabetos funcionais por obviedade: quem disse que criança está pronta para assumir seu aprendizado? Parabéns pelo texto, Isabelle!

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • L

                          Luigi Tenco

                          ± 187 dias

                          Não sei quem está certo nessa questão, só sei que é desanimador ver que a patuleia não consegue diferenciar "mais" de "mas" e "a ver" de "haver". Até um certo ex-blogueiro da Gazeta confunde "a ver" com "haver", e é TRADUTOR literário!!!

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          1 Respostas
                          • L

                            Luigi Tenco

                            ± 187 dias

                            Não é só a patuleia que comete erros crassos, o FHC, num dia desses, soltou um "Haverão consequências..."

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                        • D

                          DENISSON HONORIO DA SILVA

                          ± 187 dias

                          Parece que a senhora a Patricia tem um bom dominio sobre o assunto. Mas o cerne da questão é apenas um. É sim, um metodo esquerdista/comunista que tenta florear seus dogmas da mesma maneira que a senhora enfatizou. Como pai, que sofreu com sua filha através do construtivismo, sendo absolutamante leigo, tenho a dizer que houve crime contra as crianças. Revertemos a situação em virtude de nossa condição social. Creio que a senhora é professora mas tem uma ideologia pseudocientifica tal qual Karl Marx.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          1 Respostas
                          • A

                            Alex

                            ± 187 dias

                            Entende? Sei não... O problema refere-se as teorias belas e inúteis, pois não trouxeram resultado adequado. Citou alguns professores universitários pesquisadores - comunistas? - mas continuou sem citar um único resultado positivo deles. Apesar de escrever um monte, só criticou a reportagem por indefinições (quem sabe a jornalista não foi vítima do Vygotsky?) e transmitiu pouca informação útil para leitores do jornal. Ou seja: Só quis aparecer! Essa turma da Universidade tem de aprender a ser prático, se não, vai para o mofo dos livros! Conceitos teóricos são base, mas sem comprovação não valem de nada! E nem tentem discutor mais que pode aparecer o "Aspecto 7"... Ai...

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                        • C

                          Carlos Eduardo

                          ± 187 dias

                          A despeito de toda a grita com relação aos métodos, o que é certo é que teve um que funcionou melhor que o outro. Isso é fato. Portanto, o que funcionou melhor, que alfabetizou as pessoas corretamente deve ser aplicado. Qualquer argumento de que os métodos guerreados pela articulista não funcionam por outros "n" motivos, como argumentam os defensores do socialismo, ao dizer que nunca deu certo porque ninguém aplicou direito, é falacioso, não é prático, e simplesmente se presta a esconder que esse método simplesmente não funciona.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • P

                            Patricia

                            ± 187 dias

                            Aspecto 6: Você deveria ter esclarecido uma questão elementar com a sua entrevistada. Veja: “Completamente alheios à realidade concreta das salas de aula de alfabetização e das necessidades de professores e alunos, esses teóricos permaneceram criando conceitos e pedagogias, deslumbrados com sua própria potência intelectual e indiferentes à derrocada da qualidade do ensino nacional”, diz Kátia, ...” Quais teóricos? Do jeito como você elaborou sua reportagem, parece se referir a Vygostky e Piaget... Só que o primeiro faleceu em 1934 e Piaget, em 1980. Ficou bizarro esse trecho de seu texto!

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            1 Respostas
                            • A

                              Adriano

                              ± 187 dias

                              Patrícia, tá, tudo bem. Mas e a questão central: a abordagem global x ensino direto, que é o cerne da questão (como o cérebro aprende e os resultados do uso dos teóricos que você defende). Você vai admitir que a Magda e amigos estão errados?

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                          • P

                            Patricia

                            ± 187 dias

                            Aspeto 5: Outro alerta: as publicações de Ferreiro começaram a chegar ao Brasil no início da década de 1980; de lá pra cá ela continua ativa e há muitos resultados de pesquisas recentes dessa autora. Siiim, Ferreiro continua ativa, realizando pesquisas científicas na área da aprendizagem – ela NUNCA se dedicou a publicar nada na área do ensino. Outra dica, Isabelle: busque entender bem a diferença entre esses dois termos – aprendizagem e ensino.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            1 Respostas
                            • E

                              Eduardo Leivas Bastos

                              ± 26 dias

                              Podem ser distintos, mas estão intimamente relacionados, e você sabe disso. Ao afirmar-se algo a respeito da aprendizagem, automaticamente e instantaneamente se afirma algo sobre o ensino.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                          • P

                            Patricia

                            ± 187 dias

                            Aspecto 4: seja mais clara quando afirma "Piaget, Emília e Vygotsky vão na contramão da ciência". Você quis dizer “neurociência”, não é? É isso que está em voga hoje. Mas, um alerta aos leitores: é preciso cuidado com os “neuromitos” – termo citado por Magda Soares (2018) e sustentado por Artur Gomes de Morais (2019). Esse último é outra boa indicação para você entrevistar - ele é da Universidade de Pernambuco.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • P

                              Patricia

                              ± 187 dias

                              Aspecto 3: fique atenta aos termos que utiliza para qualificar pessoas e correntes de pensamento. Por exemplo: a Psicogênese da língua escrita não é uma teoria psicopedagógica, ela é uma teoria psicolinguística. Emília Ferreiro não é “psicóloga”, ela é psicolinguista. E ainda faz uma confusão entre a teoria desenvolvida por Vygostky (teoria sociocultural) e uma de suas obras – Formação Social da Mente.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • P

                                Patricia

                                ± 187 dias

                                Aspecto 2: por que você apenas faz essa afirmação vazia? “Há, por outro lado, desafios que não são de fácil solução, como a total reformulação da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC)." Importante você ter se explicado melhor. A BNCC é mandatória/obrigatória a todos os sistemas de ensino. Já A PNA é por livre adesão dos prefeitos.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                1 Respostas
                                • E

                                  Eduardo Leivas Bastos

                                  ± 26 dias

                                  A BNCC é um texto que dá náusea só de ler. Um emaranhado complexo e infindável de frases ocas e sem efeito. Uma vergonha para o país. Sem contar que é impraticável e impossível de medir a sua eficácia. Um elefante branco.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                              • P

                                Patricia

                                ± 187 dias

                                Vou destacar mais alguns pontos que mereciam maior cuidado de sua parte, Isabelle: Aspecto 1: Você cita “medidas” (o que você quer dizer com essa palavra? Medida provisória? Não é. A PNA é um decreto) como a Política Nacional de Alfabetização e a Conferência Nacional de Alfabetização Baseada em Evidências Científicas (Conabe) como se fossem duas coisas distintas. Não são: a Conabe nada mais foi que uma reunião que recebeu um pouco menos de 200 participantes para divulgar o estabelecido na PNA. Importante dizer que foram participantes “seletos”, quase todos comungavam de uma mesma visão de ensino.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • D

                                  Decio mango

                                  ± 187 dias

                                  Aliado a isso a peidagogia do espremido..e de lascar

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • V

                                    Vitor Chvidchenko

                                    ± 187 dias

                                    O maior problema entre os teóricos de Educação nas principais universidades aqui do país (e em outras partes do mundo também) é que eles se "esquecem" de verificar um pequeno detalhe: se os métodos deles, que parecem tão brilhantes e geniais na teoria, FUNCIONAM NA PRÁTICA. MEDIR RESULTADOS, de forma crítica. Essa coisinha tão simples, eles se recusam a fazer. Sabe por quê? Porque o amor deles pelo corpo teórico que construíram é maior do que o interesse real em ver se as metodologias desenvolvidas funcionam na prática. E o orgulho deles é grande demais para terem que admitir - confrontados com maus resultados práticos - que passaram a vida inteira defendendo um modelo equivocado.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    1 Respostas
                                    • V

                                      Vitor Chvidchenko

                                      ± 187 dias

                                      O mesmo que disse acima se aplica igualmente a certas correntes de Psicologia muito em voga aqui no Brasil e no resto da América Latina: Psicanálise e Psicologia Social. A teoria é um gigantesco "edifício" conceitual e erudito, que impressiona. Mas... e os resultados? Não é à toa que a Psicanálise nunca esteve tão em baixa nos países anglo-saxônicos e germânicos, cujo povo é pragmático por excelência. Se não funciona, não interessa - não importa quão "belo" seja o corpo teórico e doutrinário. Aqui na América Latina, é claro, a Psicanálise Freudiana ou Lacaniana ainda reina absoluta - alguma surpresa?

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                  • T

                                    Thais de Melo Queiroz

                                    ± 187 dias

                                    Não sou especialista, mas como mãe de adolescente de 16 anos, observo que a educação de minha filha está sendo pior que a minha. Detalhe: tanto eu, quanto ela estudamos em colégio particular. Ela diz que ela e os colegas (no segundo ano do ensino médio) sabem que recebem uma educação de baixa qualidade, com trilhões de dados e baixa consistência. Eles tem uma carga horária muito maior, dezessete (dezessete!) disciplinas e não tem interesse na maioria delas. Aprendem sobre muitas coisas, mas aprendem mal. É apenas sobrecarga e lobbys diversos, não há interesse real na formação do jovem.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • P

                                      Patricia

                                      ± 187 dias

                                      Prezada Isabelle Barone, não sei qual é sua formação, mas como jornalista, creio que um dos preceitos básicos seja no mínimo ouvir as duas partes (ou muito mais partes) para poder praticar um jornalismo que realmente valha a pena, voltado à formação de opiniões. Se você se deu ao trabalho de entrevistar Kátia Benedetti que apresenta uma posição sobre alfabetização (e cuja publicação você sequer se deu ao trabalho de referenciar), por que não entrevistou também Magda Soares, autora de "Alfabetização: a questão dos métodos" (obra de 2018 premiada com o Jabuti na categoria não ficção)? Estabelecer contrapontos é fundamental quando o jornalismo deseja levar seus leitores à reflexão.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      2 Respostas
                                      • P

                                        Patricia

                                        ± 187 dias

                                        Adriano: Se não leu a obra, explico: ela não nega (nem nunca negou) que é necessário haver instrução explícita às crianças em fase de alfabetização. O que está se tentando trazer à força para o ambiente escolar é a definição de um único método de ensino (o fônico - que só prevê a perspectiva de quem ensina e não de quem aprende). Magda Soares, além de se preocupar com o ensino, também considera o processo de aprendizagem. Ela continua ativa, realizando um trabalho efetivo com a rede municipal de Lagoa Santa - região metropolitana de BH. Então, seu contra-argumento não é potente. Sobre os textos que indicou, já li todos (esses e alguns outros, caso queira mais algumas dicas).

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                      • A

                                        Adriano

                                        ± 187 dias

                                        Patrícia, a Magda segue o "achismo" e teorias ultrapassadas. Recomendo dois textos publicados na própria Gazeta: um do Victor Haase, "Opinião Pedagogia do Fracasso: o que há de errado na formação de professores" e outro "Estudo reforça evidência de que a instrução direta é mais eficaz que o construtivismo", que fala de uma pesquisa grande publicada na Review of Educational Research. Isso sim é ciência.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                    • A

                                      Adailton Meireles Machado

                                      ± 187 dias

                                      Faço meu testemunho: meu filho, que completará 14 anos, é fruto desse ensino e realmente sofre desse "padrão de erros" e suas "sequelas".

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      • A

                                        André

                                        ± 187 dias

                                        É inacreditável como as pessoas não sabem nada de português. Pior: estupram a nossa língua e ainda se metem a fazer o mesmo com o inglês. Sou do Executivo Federal e no meu órgão, bem ao lado dos Três Poderes, o que se mais vê são analfabetos completos, desde o mais simples barnabé ao mais graduado (?) pseudo- advogado. Difícil de conviver com tanta ignorância!

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                        • I

                                          INES LACERDA ARAUJO

                                          ± 187 dias

                                          Espero que essa nova abordagem acabe vitoriosa. Chega de Vygotsky!

                                          Denunciar abuso

                                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                          Qual é o problema nesse comentário?

                                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                          Confira os Termos de Uso

                                          • B

                                            Baulé

                                            ± 187 dias

                                            já é hora dos próprios educadores assumirem o total fracasso do modelo atual e mudar, voltemos as origens pois FUNCIONA!

                                            Denunciar abuso

                                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                            Qual é o problema nesse comentário?

                                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                            Confira os Termos de Uso

                                            • M

                                              Maria Dalvany de Souza

                                              ± 187 dias

                                              Professores mal pagos, sem tempo para formação, pois trabalham em duas escolas, sistema educacional atrasado, infraestrutura precária, falta .clareza nas políticas públicas de educação . Não se enganem, a culpa não é do professor.

                                              Denunciar abuso

                                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                              Qual é o problema nesse comentário?

                                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                              Confira os Termos de Uso

                                              1 Respostas
                                              • J

                                                J.A.O

                                                ± 187 dias

                                                Cara "Maria Dalvany" Permita-me contestar sua opinião, a culpa maior é sim dos professores que se sujeitam a tal filosofia. Quando você trabalha em uma determinada função na qual seus resultados são seguidamente negativos, fica clarividente que vc não está apto a exercer tal função. Pode até dizer, ¨Ah! mas eu sigo o método de ensino adotado pelo governo¨ Essa postura por si só já sela a culpa dos professores, afinal, são eles os responsáveis pelo ensino, cabendo a eles, mostrar a ineficácia do método atual, porem, os professores atuais(em sua maioria) defendem essa ideologia de ensino, pois e isso que ela é, UMA IDEOLOGIA já que não tem amparo da ciência.

                                                Denunciar abuso

                                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                Qual é o problema nesse comentário?

                                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                Confira os Termos de Uso

                                            • D

                                              DENISSON HONORIO DA SILVA

                                              ± 187 dias

                                              O que é mais chocante neste história é o silêncio de todos os principais jornais deste pais. Apenas a Gazeta do Povo de tempos em tempos resolve colocar o dedo na ferida que já está necrosando todo o membro. Estas faculdades de pedagogia que preconizaram tal disparate deveriam ser fechadas pelo MEC. Em mais de uma oportunidade aqui na Gazeta dei exemplos de meus filhos para este método ******* e que vitimou milhões de crianças. Fosse na China estes professores teriam sido fuzilados em praça pública por tal crime de lesa a pátria.

                                              Denunciar abuso

                                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                              Qual é o problema nesse comentário?

                                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                              Confira os Termos de Uso

                                              • A

                                                André R.

                                                ± 187 dias

                                                AMERICA , 140 PREMIOS NOBEL ; BRASIL , ZERO NOBEL, evasão de cérebros, jornais sem página de Ciências, analfabetismo funcional galopante, lanterninha no ranking mundial . Ainda temos o que discutir ?

                                                Denunciar abuso

                                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                Qual é o problema nesse comentário?

                                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                Confira os Termos de Uso

                                                • C

                                                  CLEUSA

                                                  ± 187 dias

                                                  Pode ser que as coisas comecem a melhorar !

                                                  Denunciar abuso

                                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                  Confira os Termos de Uso

                                                  Fim dos comentários.