Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Academias de Curitiba estão fechadas desde o último dia 20, por conta de decreto.
Academias de Curitiba estão fechadas desde o último dia 20, por conta de decreto.| Foto: Divulgação

Quando o assunto é arte marcial, Curitiba sempre aparece como referência. A capital paranaense já revelou grandes nomes no mundo das lutas e hoje trava uma batalha por conta da pandemia do coronavírus.

Com a orientação da prefeitura do fechamento das academias neste período, conforme determinação feita no último dia 19, as equipes se uniram e criaram uma campanha para que possam voltar a abrir as portas com as devidas medidas sanitárias. "Nós buscamos reabrir as academias com as medidas sanitárias, por exemplo, a redução no número de alunos por aula, higienização, sem aglomeração nos vestiários. Tenho conversado com psicólogos, médicos...têm pacientes que precisam fazer o exercício físico e não está fazendo", disse Rudimar Fedrigo, fundador da Chute Boxe.

Por meio de vídeos nas redes sociais, os principais líderes das equipes de Curitiba ressaltaram a importância da reabertura de suas academias. "Nossas academias estão preparadas e estruturadas para atender a todos. O exercício físico melhora a imunidade e a parte mental do praticante. É um serviço essencial como qualquer outro", ressalta a campanha das equipes.

Mesmo com o decreto do Governo do Paraná proibindo o funcionamento das academias, algumas cidades do Paraná, como Cascavel, Lapa e Ponta Grossa, já estão com locais abertos. "É comprovado cientificamente que o exercício físico melhora a sua saúde. O momento que estamos vivendo é delicado. Nunca tinha visto uma situação dessa. Algumas academias já estão 'quebrando' por causa desses fechamentos", ressalta Rudimar.

As academias de Curitiba já estão fechadas há cerca de três semanas.

De acordo com pesquisa do Sebrae, realizada entre os dias 3 e 7 de abril, o segmento das academias foi um dos que mais sentiu o baque da pandemia, com queda média de 87% no faturamento semanal.

Confira abaixo os materiais da campanha:

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]