Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Após flagra na rua, Cristiano Ronaldo faz apelo para fãs ficarem em casa
| Foto: ANDREAS SOLARO/AFP

O craque Cristiano Ronaldo virou motivo de polêmica após ser flagrado neste final de semana em um passeio com a família pelas ruas de Funchal, na Ilha da Madeira, em Portugal, onde segue em quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus. Um dos jogadores mais envolvidos na orientação às pessoas em relação à disseminação da covid-19, atacante da Juventus "quebrou o isolamento" no domingo.

Nesta segunda-feira, de sua mansão na cidade portuguesa, fez um apelo a todos pedindo ajuda neste momento de dificuldade. "Neste momento difícil para o mundo inteiro, seremos gratos pelas coisas que importam: nossa saúde, nossa família, nossos entes queridos. Fique em casa e ajude todos os trabalhadores da saúde que estão lutando para salvar vidas", escreveu Cristiano Ronaldo em um post no Instagram, onde aparece junto com três de seus filhos.

>> Tempo real: acompanhe as consequências do coronavírus no esporte

Vale lembrar que Portugal não adotou o isolamento social como regra. O país orientou as pessoas a manterem uma distância segura de um metro e permite passeio de pais com os filhos. Até o momento, o país já registrou mais de 100 mortes e 6 mil casos de pessoas com a covid-19. Segundo números atualizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), já passam de 735 mil o número de infecções pelo novo coronavírus e de 35 mil o de mortes em todo o mundo.

Antes de ser visto no passeio em família, Cristiano Ronaldo já tinha sido alvo de críticas. O ex-presidente da Juventus, Giovanni Cobolli, criticou a ida do jogador para Portugal e questionou as fotos do craque na piscina durante a quarentena.

Leia Também:

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]