Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Alexandre Pato será negociado com algum gigante do futebol europeu em no máximo duas semanas. Quem estabelece o prazo é Geraldo Rodrigues, pai do craque de 17 anos. Ele quer apagar o ponto de interrogação que paira sobre o jogador diante de propostas milionárias dos principais clubes do Velho Continente. Mesmo com o negócio, Pato fica no Inter até o fim do ano.

- O Pato vai ter que decidir isso nos próximos dias. É agora, na primeira quinzena de agosto. Vamos definir de uma vez. O que não pode é ficar essa indefinição, essa conversa de tudo que é lado. Vamos acertar de uma vez, porque aí acaba toda essa história - afirma Geraldo, que esteve no Beira-Rio, nesta terça-feira, acompanhado da esposa, para ver o treino do filho.

O pai do talento colorado deixou bem claro que não existe chance de o jogador ficar no Inter até a metade do ano que vem. Assim que acabar o Brasileirão, Pato deixará o Beira-Rio.

- Isso não existe. Ninguém compra um par de sapatos e deixa parado na loja - comenta Geraldo, que foi a Milão e Madri conhecer a estrutura de Milan e Real Madrid.

Está descartada a idéia do presidente do Inter, Vitório Piffero, de renovar contrato com Pato agora, para aumentar a multa rescisória. Geraldo não parece disposto a encaminhar novo acerto com o Colorado.

- Primeiro o contrato atual teria que vencer. E termina em 2009. Se tem contrato até 2009, não tem razão em renovar agora.

O Milan diz que enviou a Porto Alegre seu diretor-geral, Ariedo Braida, para negociar com o Inter. Real Madrid, Chelsea e Internazionale também estão na parada. A multa rescisória é de US$ 20 milhões (R$ 38 milhões) integralmente para os cofres do Inter, mais US$ 10 milhões (R$ 19 milhões) para o jogador.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]