i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
paranaense 2019

Atlético é rechaçado por rivais após propor transmissão do estadual na internet

  • PorFernando Rudnick
  • 23/10/2018 15:45
Arbitral do Paranaense 2019. | /André Rodrigues/Gazeta do Povo
Arbitral do Paranaense 2019.| Foto: /André Rodrigues/Gazeta do Povo

Único time da primeira divisão estadual que não vendeu os direitos de televisão do Paranaense, o Atlético-PR propôs alterar o regulamento do campeonato para poder fazer suas próprias transmissões na internet.

Representado pelo advogado Gustavo Rocha no conselho arbitral desta terça-feira (23), em Curitiba, o clube pretendia excluir regra do artigo 32 do Regulamento Específico da Competição.

O texto diz que “os clubes devem respeitar o contrato de cessão dos direitos de transmissão do campeonato, em caráter de exclusividade”. O plano, no entanto, foi rechaçado pelas demais equipes.

“[O Atlético queria] criar uma exceção para que pudesse transmitir [as partidas]. Eu contra-argumentei que não era possível, os outros dez clubes votaram nesse sentido e a regra foi mantida”, comentou o presidente do Coritiba , Samir Namur, que citou a transmissão ilegal da decisão do Paranaense 2018. O Coxa cobra R$ 750 mil do rival c omo indenização por dano moral pelo caso.

“No mundo jurídico, não existe assumir uma obrigação qual você não anuiu. Que a regra fosse aplicada somente para os clubes que assinaram o contrato de televisionamento”, defendeu Rocha.

Força-tarefa

Durante o arbitral, representantes de clubes do Interior questionaram o fato de o Atlético se recusar a assinar com televisão. O assunto, inclusive, resultou em uma comissão para tentar convencer Mario Celso Petraglia a aceitar a proposta da Rede Globo.

“Alguns clubes, acho que o Cascavel é um deles, sugeriram que fosse feito um movimento para trazer o Atlético [para o contrato]. Não acredito muito nessa hipótese, mas foi montada uma comissão. O presidente do Coritiba, do Rio Branco, vão no Atlético tentar negociar o acesso deles ao contrato. Seria uma boa para o campeonato, mas não acreditamos muito nisso”, revelou o presidente do Paraná Clube , Leonardo Oliveira.

Grupo de WhatsApp do Brasileirão 2018

O Brasileirão 2018 no seu celular. Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer no Campeonato Brasileiro. Para receber diariamente as principais notícias, resultados e classificação, basta seguir os passos abaixo. É muito simples. Junte-se a nós no Brasileirão 2018!!! Seja bem-vindo ao nosso grupo!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.