O técnico Laurent Blanc afirmou que o processo de reconstrução da França após o fracasso na Copa do Mundo deve passar por mudanças profundas, com alteração dos critérios de escolha e desenvolvimento de jogadores mais jovens. Além disso, o técnico crê que a Espanha é um modelo a ser seguido.

Blanc disse nesta terça-feira (21) que os atuais critérios da França levariam destaques mundiais como os espanhóis Xavi Hernández e Andrés Iniesta a terem dificuldade para conquistarem espaço. "Critérios de escolha são importantes e eles não são os mesmos no futebol espanhol e no futebol francês. Jogadores como Xavi e Iniesta, na França, teriam uma dificuldade em passar", afirmou.

"O critérios de seleção [na França] é de grandes jogadores [fisicamente], enquanto na Espanha é o futebol que conta, as qualidades técnicas. O critério não é suficientemente bom na França, precisamos de outros", completou.

Blanc considera que a Espanha, atual campeã mundial e europeia, acertou na decisão de apostar em jogadores de jovens, além de ter fortalecido o futebol local. "É um bom exemplo a ser seguido por todas as nações de futebol, ter as mesmas políticas que eles e se todo mundo conseguir ter os mesmos jogadores como eles, então todos serão felizes", afirmou Blanc.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]