Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O técnico espanhol Jordi Ribera anunciou a convocação da seleção brasileira masculina de handebol que disputará o Mundial, entre 11 e 21 de janeiro, na Espanha. No grupo de 16 jogadores, ele procurou mesclar alguns mais experientes, como o armador Diogo Hubner e o ponta Gil, com jovens que se destacaram nos treinos, dentre os quais o armador Arthur Patrianova e o goleiro César "Bombom".

Para fechar o grupo, Ribera contou com as observações que fez nos dois amistosos realizados contra a Coreia do Sul, na quarta e na sexta-feira - o Brasil ganhou ambos, por 27 a 25 e 34 a 33. Depois disso, definiu os cortes e fez a convocação final da seleção. "É sempre duro fazer cortes, ainda mais quando temos muitos jogadores de qualidade, mas eles já sabiam que seria necessário", disse o técnico.

Agora, a seleção brasileira irá treinar em São Bernardo do Campo (SP) até o próximo sábado. No dia 2 de janeiro, acontece o embarque para Madri, quando o grupo ficará completo com a apresentação dos dois jogadores que atuam na Espanha - o armador Thiagus Petrus e do ponta Felipe Borges. Na capital espanhola, o Brasil disputa um torneio preparatório com Chile, Japão e os donos da casa.

Depois, a delegação brasileira embarca para a cidade de Granoller, sede do Grupo A do Mundial, que conta também com as seleções da Argentina, França e Tunísia.

Confira a lista de jogadores convocados:

Goleiros - Cesar Augusto de Almeida e Luiz Ricardo do Nascimento

Pivôs - Alexandro Pozzer e Vinícius Santos Teixeira

Armadores - Arthur Malburg Patrianova, Fernando José Pacheco Filho, Guilherme Valadão Gama, Gustavo Nakamura Cardoso, Oswaldo Maestro Guimarães e Thiagus Petrus

Centrais - Diogo Kent Hubner e Thiago Roberto Torres dos Santos

Pontas - Fábio Rocha Chiuffa, Felipe Borges, Gil Vicente de Paes Pires e Lucas Benedito Cândido

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]