Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Las Vegas – Com a obrigação de vencer, a seleção masculina de basquete enfrenta hoje as Ilhas Virgens pelo Pré-Olímpico de Las Vegas. O rival é considerado o mais frágil do Grupo B do torneio. Por isso uma surpresa desagradável complicará a campanha do time comandado pelo técnico Lula Ferreira.

"A equipe das Ilhas Virgens nos deu muito trabalho no Pan-Americano do Rio e tenho certeza de que será um jogo difícil. Temos que buscar mais uma vitória", comenta Lula, cujo time faria, na madrugada de hoje sua segunda partida na competição, contra a Venezuela.

Na estréia, na quarta-feira, o Brasil teve dificuldade para derrotar o Canadá por 75 a 67. O time canadense está desfalcado de seu maior nome, o armador Steve Nash, duas vezes melhor jogador da NBA.

As Ilhas Virgens ficaram em oitavo no Pan. No entanto, dificultaram ao máximo para o Brasil em sua estréia nos Jogos continentais. A seleção venceu por 86 a 81.

"É uma equipe que joga forte fisicamente, com muito contato e tem como ponto forte as jogadas no garrafão", analisa o armador Valtinho.

O time que atua no Pré-Olímpico está reforçado pelo pivô Jaja Richards, que já atuou pelo Franca. As Ilhas Virgens, porém, estão desfalcadas de seu principal astro, Raja Bell, que atua na NBA no Phoenix, time de Leandrinho. O armador passou por uma artroscopia no joelho direito e não se recuperou a tempo de jogar o Pré-Olímpico.

Na TV: Brasil x Ilhas Virgens, às 19 h, no Bandsports, Sportv2 e ESPN Brasil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]