Lyoto Machida comemora a vitória sobre Rashad Evans que garantiu o cinturão do UFC 98 | Divulgação/UFC 98
Lyoto Machida comemora a vitória sobre Rashad Evans que garantiu o cinturão do UFC 98| Foto: Divulgação/UFC 98
  • Machida (D) e Evans (E) se preparam para o início do combate
  • Machida nocauteia Evans a 3 minutos e 57 segundos do segundo round
  • Machida nocauteia Evans a 3 minutos e 57 segundos do segundo round
  • Machida nocauteia Evans a 3 minutos e 57 segundos do segundo round
  • Numa das preliminares, André Gusmão sofreu nocaute técnico de Krzysztof Soszynski
  • Na plateia do evento a presença ilustre do ex-campeão de boxe dos pesos pesados Mike Tyson

O brasileiro Lyoto Machida conquistou o cinturão da categoria meio-pesado do UFC 98 em luta realizada na madrugada de domingo (24) em Las Vegas, nos Estados Unidos. Machida, que é o único do UFC que utiliza o caratê como luta principal, nocauteou o norte-americano Rashad Evans, ex-campeão, no segundo round do combate. Com o resultado, Machida acumula 15 vitórias consecutivas.

A luta começou com Machida e Evans estudando os movimentos de cada um. No final do primeiro round, o brasileiro passou a dominar as ações, com um chute alto no oponente e com boas respostas aos golpes do norte-americano. Com 3 minutos e 57 segundos do segundo round, Machida nocauteou Evans, que passou a atacar o brasileiro e se expôs aos contra-ataques.

Depois da vitória, Machida se ajoelhou na lona e disse emocionado que quer manter o cinturão por muito tempo. O brasileiro de 30 anos é faixa preta de Jiu-Jitsu e de Shotokan caratê e treina no Pará, sendo que a família dele é responsável por levar o caratê para a região.

Além do cinturão de Machida, nos meio-pesados, o Brasil tem outro campeão do UFC. Anderson Silva é o dono do título na categoria médios.

Brasileiro perde luta preliminar

Em uma das lutas preliminares, o brasileiro André Gusmão perdeu para Krzysztof Soszynski por nocaute técnico a 3 minutos e 17 segundos do primeiro round.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]