Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O corredor norte-americano LaShaw Merritt, atual campeão olímpico dos 400 metros e do revezamento 4x400 metros, foi proibido de competir até julho de 2011, em punição imposta nesta segunda-feira (18) por conta de resultados positivos em três exames antidoping.

Merritt aceitou uma suspensão provisória no começo deste ano e recebeu uma pena de 21 meses em julgamento realizado nesta segunda-feira. A suspensão é retroativa a outubro do ano passado e, assim, ele terá condições de participar do Mundial de Atletismo de 2011, em agosto.

O norte-americano testou positivo para dehidroepiandrosterona (DHEA), um produto que estimula o corpo a produzir substâncias com efeitos anabolizantes, como a testosterona endógena, três vezes entre outubro de 2009 e janeiro de 2010.

Merritt colaborou com as investigações das autoridades antidoping. Assim, recebeu uma pena três meses inferior ao que costuma acontecer com réus primários, normalmente suspensos por dois anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]