i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Seleção

"Cansados", Kaká e Ronaldinho tiveram um mês de férias

Após Copa do Mundo, craque do Milan teve 29 dias de folga. Gaúcho ganhou 30 do Barça

  • PorGloboEsporte.com / Globo.com
  • 18/05/2007 14:02

Em seus pedidos de dispensa da Copa América, Kaká e Ronaldinho deixaram claro à CBF que não querem disputar o torneio na Venezuela porque não têm férias desde 2004 e estão cansados. Os jogadores podem até estar desgastados fisicamente, mas um levantamento feito pelo GloboEsporte.com mostra que os craques do Milan e do Barcelona ganharam 29 e 30 dias, respectivamente, de folga dos seus clubes após a Copa do Mundo do ano passado.

Em pesquisa com matérias de antes do início da temporada, nota-se que Ronaldinho apresentou-se ao Barcelona em 1º de agosto de 2006 (como mostra o "As") e treinou um dia depois, após ter acabado sua participação com a seleção brasileira no Mundial em 2 de julho (o Brasil foi eliminado pela França em 1º de julho). Portanto, o craque teve 30 dias de férias (de 2 a 31 de julho). Kaká, também liberado da seleção após a derrota para os franceses, chegou ao Milan em 30 de julho: teve 29 dias de férias (o "As" mostra que ele chegaria no dia 29, mas há registro de sua apresentação um dia depois, um sábado).

Por ser um ano de Copa do Mundo, a alegação dos jogadores de que 2006 foi mais cansativo é válida, pois houve ainda o período de concentração da seleção na Suíça antes do Mundial. Ronaldinho, por exemplo, disputou a final da Liga dos Campeões em 17 de maio e cinco dias depois já estava com o técnico Carlos Alberto Parreira em Weggis.

Matérias publicadas pela imprensa mostram ainda que os craques tiveram seus momentos de lazer nas férias. Em 3 de julho, dois dias depois da eliminação do Brasil na Copa, Ronaldinho já estava em Barcelona. No dia seguinte, o camisa 10 foi a uma boate na cidade acompanhado do atacante Adriano. O Barça começou a pré-temporada sem o craque, que só se apresentou em 1º de agosto no México e treinou no dia 2.

Por outro lado, as férias de Kaká foram marcadas pela especulação sobre uma transferência do Milan para o Real Madrid. O ex-são-paulino passou alguns dias nos Estados Unidos e de lá deu entrevista ao jornal "As" sobre a proposta do clube espanhol. Sua chegada à Itália era prevista para 29 de julho, mas ele se apresentou um dia depois. Em seguida, o meia-atacante foi poupado da primeira partida do time na temporada (vitória de 2 a 0 sobre o Lecco), em 3 de agosto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.