i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Amador

“Casal 20” do Santa Quitéria garante o título

  • PorMaurício Kern, especial para a Gazeta do Povo
  • 28/11/2010 21:08
Jogadores do Santa Quitéria fazem a festa no gramado do Francisco Muraro, casa do Trieste: título encerrou um jejum de 23 anos do tradicional time da zona sul | Walter Alves/Gazeta do Povo
Jogadores do Santa Quitéria fazem a festa no gramado do Francisco Muraro, casa do Trieste: título encerrou um jejum de 23 anos do tradicional time da zona sul| Foto: Walter Alves/Gazeta do Povo

Um fim de semana para ficar na memória dos torcedores e dos atletas do Santa Quitéria, que venceram a decisão da Suburbana de 2010.

Após estar perdendo no primeiro tempo por 3 a 1 para o Trieste, em Santa Felicidade, reduto do rival, os jogadores do Quitéria reagiram no segundo tempo, empataram a partida e levantaram a taça após 23 anos, graças a uma dupla artilheira que há muito tempo não se via na Subur­­bana. O "Casal 20" do Quitéria, os atacantes Cristiano e Marlon, desequilibrou em campo. Afinados, os dois fo­­ram o centro das atenções no Estádio Francisco Muraro.

Cristiano, camisa 11, foi o artilheiro do campeonato com 13 gols – e o seu companheiro de ataque, o atacante Marlon, camisa 9, foi o vice-artilheiro com 12.

O primeiro tempo, porém, deve ser esquecido pelo time campeão da zona sul da cidade, pois o Trieste fez a lição de casa e parecia que a história do jogo teria um outro desfecho.

Logo aos 9 minutos, Julianinho abriu o placar, batendo na gaveta. Três minutos depois, os triestinos ampliaram com Ioiô batendo pênalti. Aos 21 minutos, o Quitéria esboçou uma reação com Marlon, marcando após uma cabeçada certeira: 2 a 1.

No final do primeiro tempo, Marquinhos aumentou a vantagem ao marcar o terceiro gol do time da casa, aproveitando a falha do goleiro Jonas.

Depois do intervalo, o treinador Juninho, que estava suspenso, deu as coordenadas de fora do alambrado e mudou o esquema tático do time. Foi a partir daí que Cristiano e Marlon entraram definitivamente em ação.

A reação começou aos 4 minutos. Marlon tabelou com Cristiano e o camisa 11 fez um bonito gol, batendo forte no canto direito, diminuindo para 3 a 2.

O gol sonhado do título aconteceu aos 16 minutos. Marlon cruzou na área e o artilheiro Cristiano pegou a sobra do goleiro André, empatando por 3 a 3.

Precisando da vitória, o Trieste chutou duas bolas na trave de Jonas e o arqueiro ainda salvou o Quitéria em duas ocasiões.

Já nos acréscimos, Marlon quase fez o gol da virada. Após o apito final, os atletas deram a volta olímpica exibindo o troféu e a faixa de campeão no peito com gritos que entoavam junto com a sua fanática torcida: "oh, o campeão voltou!, o campeão voltou!, o campeão voltou!".

"A partir do momento que acreditamos no título, fomos campeões", declarou o atacante Marlon.

Cristiano dedicou os dois gols para a sua esposa Elizabeth e o filho Natan. "Um dia antes do duelo, jantamos juntos e prometi que marcaria na decisão", relembrou o jogador.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.