Técnica sueca Pia Sundhage ao lado do presidente da CBF, Rogério Caboclo
Técnica sueca Pia Sundhage ao lado do presidente da CBF, Rogério Caboclo| Foto: Divulgação/CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quinta-feira (25) a nova treinadora da seleção feminina. A sueca Pia Sundhage, 59 anos, foi contratada para substituir Vadão, demitido após a Copa do Mundo 2019, disputada na França. O contrato da sueca vale por dois anos.

O último trabalho de Sundhaeg foi na seleção sub-16 dos Estados Unidos. Antes, ela teve uma trajetória vitoriosa à frente da seleção principal norte-americana, tendo liderado o time nas conquistas da Olimpíada de Pequim, em 2008, e de Londres, em 2012. Já em 2011, a sueca comandou os Estados Unidos no vice-campeonato mundial.

“Eu queria dizer que estou muito empolgada em treinar o país do futebol”, disse a sueca nas mídias sociais da CBF. Sundhage também treinou a seleção feminina da Suécia entre 2012 e 2017, conquistando a medalha de prata nas Olimpíadas do Rio, em 2016. Em 2012, foi eleita a melhor treinadora do mundo pela Fifa.

A técnica de 59 anos é ex-jogadora. Ela jogou as Copas do Mundo de 1991 e 1995, além da Olimpíada de 1996, somando 144 jogos e 71 gols.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]