Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, defendeu ontem que os atletas pegos daqui para a frente em exames antidoping sejam barrados dos próximos Jogos Olímpicos, mesmo que já tenham cumprido a devida suspensão. O princípio valerá a todos que sejam punidos por mais de seis meses, "o que automaticamente é o caso para o uso de esteróides anabolizantes, EPO e transfusões de sangue", explicou Rogge. A medida ainda precisa ser aprovada pelo Comitê Executivo do COI e a única forma de obter clemência seria dedurar os distribuidores, médicos e técnicos envolvidos, com informações "valiosas" para desmembrar as redes de fornecimento de doping, em um sistema parecido com a delação premiada. "Seria um elemento muito poderoso para demover o doping da mente dos atletas", completou Rogge.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]