i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Brasileirão

Com gols no final, Guarani derrota o Flamengo de virada

  • PorAgência Estado
  • 29/08/2010 18:46

Sob os olhares do técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, e de Silas, o novo técnico do Flamengo, anunciado pela manhã em substituição a Rogério Lourenço, o Guarani conseguiu vencer o Flamengo por 2 a 1, neste domingo (29), numa virada emocionante, conquistada aos 45 e aos 47 minutos do segundo tempo. Após este jogo, realizado no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, e válido pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Guarani alcançou os 23 pontos, dois a mais do que o Flamengo.

Mano Menezes queria ver, entre outros, o atacante Mazola, estrela do time campineiro, embora ainda tenha vínculo com o São Paulo. O lateral-direito Léo Moura e o volante Willians, do time carioca, também eram alvos do técnico. E Silas, que mora em Campinas, não precisou de muito esforço para ver seus novos comandados em campo, nesta tarde orientados por Toninho Barroso, das divisões de base da Gávea.

O Fla começou o jogo tentando explorar as jogadas pelas laterais. E assustou num chute de longe de Diogo, aos 11 minutos que exigiu que o goleiro Émerson se esticasse todo para mandar a escanteio. Com as iniciativas do visitante, o Guarani pôde atuar do jeito que gosta, na base da velocidade e nos contragolpes.

Aos 33 minutos aconteceu o lance mais polêmico do jogo. Mazola foi lançado em velocidade, em posição discutível, e entrou na grande área driblando o goleiro Marcelo Lomba. O atacante sofreu a falta dentro da área, mas o árbitro baiano Arilson Bispo da Anunciação errou ao não marcar a penalidade máxima. E errou pela segunda vez ao não expulsar o goleiro flamenguista, que era o último homem e impediu a evolução do atacante rumo ao gol.

A torcida bugrina, com razão, protestou aos gritos de "vergonha". E ficou inconformada aos 47 minutos, quando o Flamengo abriu o placar. Petkovic cobrou escanteio com efeito e o zagueiro Jean apareceu no alto para testar, de cima para baixo. No intervalo, a torcida voltou a protestar chamando o juiz de ladrão. O técnico Vagner Mancini foi até o trio de arbitragem para protestar. "Nós fomos duplamente prejudicados, com a não marcação do pênalti e com a não expulsão do goleiro. Sofremos o gol e agora a história do jogo é totalmente diferente do que poderia ser", contestou.

No segundo tempo, o Guarani voltou mais agressivo com a entrada do estreante atacante Reinaldo no lugar do garoto Mário Lúcio. E depois com o meia Geovane na vaga do volante Baiano. O Flamengo, porém, continuava melhor, sempre chegando com perigo no ataque. Aos 28 minutos, Mancini arriscou o tudo ou nada com a entrada de Ricardo Xavier, um atacante descansado no lugar de Rômulo, sem ritmo.

Aos 30 minutos aconteceu o lance da compensação. O árbitro "enxergou" uma falta de Galhardo sobre Ricardo Xavier, dentro da área. Pênalti inexistente e muito contestado. Na cobrança, porém aos 33 minutos, Xavier bateu mal, no meio do gol e permitiu que Marcelo Lomba fizesse a defesa com os pés.

Mas o jogo que parecia perdido, acabou numa espetacular virada. Um castigo para o exagerado toque de bola do Flamengo e um prêmio para o valente Guarani. Aos 45 minutos, após cruzamento de Rodrigo Heffener, o zagueiro Ailson apareceu no alto e testou para empatar. Um minuto depois, Reinaldo arriscou o chute de fora da área, a bola desviou em Jean e entrou. Estava decretada uma inesperada virada, muito comemorada pela torcida do Guarani.

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 18.ª rodada, a penúltima do primeiro turno. O Guarani vai enfrentar o Grêmio, às 19h30, no estádio Olímpico, em Porto Alegre. Já o Flamengo enfrenta o Cruzeiro, às 21h50, em Uberlândia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.