Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Segundo o Mundo Deportivo, seleção espanhola sai da Copa pela porta dos fundos | Reprodução
Segundo o Mundo Deportivo, seleção espanhola sai da Copa pela porta dos fundos| Foto: Reprodução
  • El País comparou a eliminação da Espanha ao naufrágio do Titanic

Os principais jornais esportivos da Espanha repercutiram a eliminação precoce da atual campeã mundial na Copa do Mundo 2014. Com duas derrotas nos dois primeiros jogos — 5 a 1 para a Holanda e 2 a 0 para o Chile — a Roja não tem mais chance no Grupo B e apenas cumprirá tabela em seu próximo jogo, frente à Austrália.

O El País, de Madri, estampou em seu site: "Espanha foi o Titanic", comparando a poderosa Roja com o imponente navio que naufragou em 1912.

O diário esportivo Marca, de Madri, anunciou na capa de seu site: "O fim de uma geração única". A publicação ainda comentou a fraca atuação da equipe nas duas partidas em que disputou. "A campeã caiu fora do mundial do Brasil após outro ridículo estrepitoso frente ao Chile".

O Diário As, também de Madri, relembrou a derrota do Brasil em 1950, no Maracanã, mesmo estádio em que a seleção espanhola foi desclassificada: "Maracanazo e adeus ao mundial". Além disso, também falou sobre o fim de uma geração. "Se abre o debate sobre o fim de um ciclo e sua sucessão".

O Mundo Deportivo, de Barcelona, deu a seguinte manchete: "Espanha se despede pela porta de trás". O periódico também ressaltou a infrutífera tentativa de Del Bosque de modificar a equipe — frente aos chilenos, o treinador deixou Xavi e Piqué no banco de reservas.

O Diario Sport, também de Barcelona, comparou a eliminação da Fúria a um nocaute. "K.O histórico da Espanha".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]