Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Operários fazem ajustes para o evento-teste na Baixada. Obra semipronta vai receber público de 10 mil pessoas hoje | Albari Rosa/ Gazeta do Povo
Operários fazem ajustes para o evento-teste na Baixada. Obra semipronta vai receber público de 10 mil pessoas hoje| Foto: Albari Rosa/ Gazeta do Povo

A sexta-feira, véspera do evento-teste que irá abrir a Arena da Baixada parcialmente ao público, foi marcada pela pressa para deixar tudo em ordem. O amistoso contra o J. Malucelli, hoje, está marcado para as 15 horas. O que mais se via ontem eram operários limpando e organizando o estádio, que receberá aproximadamente 10 mil pessoas nesta tarde.

Uma das principais preocupações era com a escadaria que dá acesso ao complexo, nas esquinas das ruas Brasílio Itiberê e Buenos Aires. No local, operários colocavam pedras na área de acesso com uma escavadeira, enquanto um rolo compressor assentava o material. Paralelamente, funcionários cuidavam da limpeza.

Já nos arredores da Arena o que mais chamava a atenção era a colocação de tapumes para fechar as áreas que o público não terá acesso – alguns setores serão liberados apenas às 13 horas deste sábado. Movimentação que chamou a atenção de torcedores e curiosos, em busca do melhor ângulo da nova casa rubro-negra. Em alguns momentos, por causa da aglomeração, o trânsito ficou lento na Brasílio Itiberê.

Dentro do complexo, a preocupação era com a limpeza dos 10 mil assentos que receberão o público hoje, das áreas de acesso, e a demarcação do estacionamento. Até o momento, cerca de 25 mil cadeiras foram instaladas – o estádio precisará estar completo para ser entregue à Fifa no dia 15 de maio.

Hoje, apenas sócios sorteados pelo clube, operários, patrocinadores, autoridades relacionadas à Copa do Mundo e convidados acompanharão a partida. Quem for, terá acesso apenas à arquibancada inferior da Arena, pela Rua Buenos Aires, entre a Avenida Getúlio Vargas e a Rua Brasílio Itiberê.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]