Alecsandro fez o primeiro gol do Coritiba na final. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Alecsandro fez o primeiro gol do Coritiba na final.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O atacante Alecsandro, que marcou o primeiro gol da vitória do Coritiba sobre o Rio Branco por 3 a 0, neste domingo (25), na final da Taça Dionísio Filho, disparou contra a Rádio Transamérica após a conquista do título.

“Estou um pouco chateado. Meus amigos estão dizendo que vocês [Transamérica] estão falando muito mal de mim. Assim vão perder ouvintes. Eu não ouvi, foram meus amigos que falaram. Quero que critiquem quando tiver que criticar e elogiar quando tiver que elogiar”, falou o camisa 9 coxa-branca.

“Eu quero que o torcedor entenda e vocês [da Transamérica], que são um meio de comunicação, que em outros jogos posso não ter feito gols, mas fui importante, com assistências para gol e abrindo espaço”, continuou o atacante.

>> TABELA PARANAENSE 2018: confira os resultados e os próximos jogos

Na sequência das declarações, o camisa 9 coxa-branca ouviu as justificativas do repórter Dorival Chrispim, da Transamérica, e reduziu o tom bélico. “Desculpe se ofendi a Transamérica. É que são meus amigos e eles vão me defender sempre”, finalizou.

Alecsandro marcou dois gols nesse Campeonato Paranaense. Antes de anotar na decisão deste domingo, havia marcado na vitória sobre o União por 1 a 0, na terceira rodada da Taça Dionísio Filho.

Mais calmo, o atacante não escondeu a felicidade pelo título do turno, especialmente porque o pai dele, ex-jogador do Coxa, Lela, estava presente no Estádio Couto Pereira. Na comemoração do gol, o centroavante fez a careta, gesto que ficou marcado por Lela no Alto da Glória.

“É um sonho de criança [ser campeão no Coritiba]. Visualizei várias vezes isso na minha cabeça, quando estava ali na arquibancada, no vestiário. E poder fazer isso hoje com meus filhos aqui é emocionante. O Coritiba é um clube com uma torcida imensa e uma história gigante. E fazer parte disso é muito bom”, declarou em entrevista à RPC.

Alecsandro é o jogador mais experiente do elenco do Coritiba, com 37 anos. Atuando ao lado de vários jogadores das categorias de base, vislumbra um ano positivo para a equipe. “Estou muito feliz de representar o Coritiba. Teremos um ano complicado e espero que junto com esses garotos da base, sea um ano muito bom. O Coritiba. Me sinto um pai desses moleques”, disse.

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Coritiba x Rio Branco:

VEJA TAMBÉM:

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

>> BRASILEIRÃO 2018: veja a tabela completa da Série A

>> SÉRIE B: confira a tabela completa da Segundona

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]