Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

Brasileirão

Técnico diz que Coritiba é o time grande da Série B “só no papel”

  • Vinicius Cordeiro, especial para a Gazeta do Povo
 | Foto: Felipe Rosa/ Gazeta do Povo
Foto: Felipe Rosa/ Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O técnico Eduardo Baptista admitiu que o Coritiba está devendo na Série B. Com o e mpate por 2 a 2 com o São Bento neste sábado (21), o clube do Alto da Glória aparece na nona posição da tabela com 24 pontos conquistados, dois de distância do G4. Apesar da proximidade com a zona do acesso, a oscilação da equipe vai sendo uma preocupação.

“A gente ainda deve. Essa coisa de grande da Série B, por enquanto, está só no papel. Precisamos assumir e ter personalidade. Houve uma cobrança entre os jogadores, isso é importante. Eles sabem que precisamos fazer mais, encarar a situação de frente e ter imposição”, declarou o comandante.

>> TABELA SÉRIE B 2018: confira os resultados e próximos jogos

O Coxa ainda busca consistência na Segunda Divisão. Apesar de estar invicto dentro do Couto Pereira - são cinco vitórias e dois empates em sete jogos, a equipe ainda não venceu longe de seus domínios. Fora de casa, o time tem um aproveitamento de apenas 16,67%, com quatro derrotas e quatro empates.

Para tentar reverter isso, o Coritiba tem pela frente o duelo contra o Goiás. A partida, marcada para as 19h15 da próxima terça-feira (24), no Estádio Olímpico, é um confronto direto pelo acesso, já que o Esmeraldino tem a mesma pontuação do time paranaense.

Para a partida, Baptista não poderá contar com o volante Uillian Correa, expulso diante do São Bento. Com isso, Julio Rusch pode ganhar a vaga no meio campo. Além disso, o técnico não deve promover grandes mudanças na equipe. “Temos apenas dois dias [de preparação], então não podemos fazer muitas alterações“, finalizou.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE