Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Coritiba
  4. Vice do Coxa, Alceni Guerra admite ter data para deixar o clube

GESTÃO

Vice do Coxa, Alceni Guerra admite ter data para deixar o clube

  • Robson Martins
Alceni Guerra, vice-presidente do Coritiba, admitiu que não seguirá no clube em 2018. | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Alceni Guerra, vice-presidente do Coritiba, admitiu que não seguirá no clube em 2018. Daniel Castellano/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O ano de 2017 será o último de Alceni Guerra na direção do Coritiba. O vice-presidente negou boatos de que poderia ser candidato a presidente do clube no final do ano e foi mais além, garantindo que não participará nem do G5 alviverde a partir da próxima gestão.

“São três anos de um trabalho intenso, em que eu dediquei boa parte do meu tempo ao clube, tempo este que eu tirei de outras atividades que são remuneradas. Vou terminar este ano e chega”, conta Alceni.

O dirigente alviverde conta que está trabalhando atualmente em dois grandes projetos no Coxa, mas que foi solicitado que não fossem divulgados por enquanto. Porém, questionado se eram relacionados ao Couto Pereira, Alceni Guerra confirmou.

Leia também: Belletti busca investidor para novo estádio do Coritiba

Por fim, ao ser perguntado sobre o atual momento do Coritiba, o vice-presidente alviverde vê uma evolução da equipe desde que o técnico Pachequinho substituiu Paulo César Carpegiani, a partir do início de março, mas admite que será preciso estudar a equipe para a disputa do Brasileiro, com início previsto para a metade de maio.

“O Pachequinho está fazendo um bom trabalho, a equipe está evoluindo e tem condição de reverter a derrota na primeira semifinal do Paranaense. Mas sabemos que depois do Estadual temos que analisar o elenco para a Brasileiro”, afirma.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE