Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Cris Cyborg nocauteia Gina Carano e vence "maior luta feminina da história"

Strikeforce

Cris Cyborg nocauteia Gina Carano e vence "maior luta feminina da história"

Lutadora curitibana da academia Chute Boxe venceu por nocaute técnico e queridinha dos Estados Unidos faltando 1 segundo para o fim do primeiro round

  • Gazeta do Povo
Cris Cyborg venceu Gina Carrano por nocaute no 1º round |
Cris Cyborg venceu Gina Carrano por nocaute no 1º round
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Cris Cyborg nocauteia Gina Carano e vence "maior luta feminina da história"

A curitibana Cristiane Justino Venâncio Santos tornou-se na madrugada deste domingo uma das mais importantes lutadoras de Mixed Martial Arts (MMA) do mundo. Popularmente conhecida como Cris Cyborg, de 24 anos, ela nocauteou a bela americana Gina Carano, de 27, em 4min59seg, faltando um segundo para o fim do primeiro round. Com o nocaute técnico ela conquistou o cinturão da categoria 66kg no torneio Strikeforce, disputado no HP Pavilon, em San José, nos Estados Unidos.

Considerada a “luta feminina da história”, o combate chamou a atenção e praticamente parou o mundo das lutas. Donas de cartéis semelhantes (ambas tem sete vitórias, mas Cris foi derrotada uma vez), as competidoras viveram um clima de total expectativa durante as semanas que antecederam o encontro. O duelo entre a “bela” e a “fera”, rótulos maldosos impostos a Gina e Cris, respectivamente, que destacavam a beleza estética da americana e a agressividade da brasileira, foi realmente único.

Atleta formada na academia curitibana Chute Boxe – referência mundial de Vale Tudo, berço de grandes campões como Wanderlei Silva, Anderson Silva, Maurício Shogun e Murilo Ninja – Cris levou o nome da cidade e da sua equipe mais uma vez ao poso mais alto do esporte.

A luta

Desde o início Cris partiu para cima de Gina com uma voracidade e agressividade que lhes tornaram famosa. Tentando envolver a adversária, ela partiu para cima e acabou se descuidando da guarda, sendo derrubada em um golpe rápido. Com a mesma habilidade, Cris conseguiu se livrar aplicando uma chave de perna na adversária mantendo a luta no chão.

A curitibana tentou manter a luta no alto, mas Gina Carrano insistia em levar o combate para o chão, o que dificultou o encaixe de alguns golpes de Cris Cyborg. No minuto final do round a brasileira conseguiu ficar em melhor posição que a adversária, tentou a imobilização, mas não conseguiu. Quando Gina deu espaço, Cris conseguiu uma avassaladora sequencia de socos que obrigou o juiz a interromper o combate e declarar a brasileira vencedora.

A definição veio como um êxtase para Cris, que comemorou muito e cativou a todos que acompanhavam o evento. Depois de “abandonar” o Brasil por não encontrar adversárias à sua altura, ela encontrou em Gina Carano sua grande rival. Hoje, Cris Cyborg reina absoluta no mundo do MMA.

Confira todos os resultados da noite:

- Cris Cyborg venceu Gina Carano por TKO no 1° round;- Gegard Mousasi venceu Renato Babalu por TKO no 1° round;- Gilbert Melendez venceu Mitsuhiro Ishida por TKO no 3° round;- Fabricio Werdum venceu Mike Kyle com uma guilhotina no 1° round;- Jay Hieron venceu Jesse Taylor na decisão dos jurados;- Scott Lighty venceu Mike Cook por TKO no 1° round;- Justin Wilcox venceu David Douglas com um mata-leão no 3° round;- James Terry venceu Zak Bucia por TKO no 1° round;- Alex Trevino venceu Isaiah Hill com uma chave de braço no 1° round;

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE