Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

O Corinthians tinha um Pacaembu lotado e três atacantes, mas nada disso foi suficiente para assustar o Cruzeiro, que voltou a ser um visitante indesejável e bateu o Timão neste sábado por 3 a 0. O segundo gol da Raposa foi marcado por Jonathan, aos 17 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Cruzeiro chega a 38 pontos e fica a três do líder São Paulo, que joga neste domingo contra o Náutico. O Corinthians segue com 27, na zona intermediária na tabela de classificação.

Cruzeiro, um visitante indesejado

A maior novidade do Corinthians foi a volta do zagueiro Betão, após uma tentativa frustrada de transferência para o futebol francês. Par enfrentar o Cruzeiro, o técnico Paulo César Carpegiani optou por um esquema mais ofensivo, colocando em campo três atacantes: Finazzi, Arce e Wilson.

Aos 6 minutos, após cruzamento na área, Finazzi subiu sozinho para cabecear. Bem posicionado, o goleiro Fábio agarrou firme. Aos 15 minutos, foi a vez de Felipe trabalhar, em dois lances seguidos. Leandro Domingues bateu falta, mas a bola foi no meio do gol, praticamente nas mãos do camisa 1 corintiano. Na seqüência, Marcelo Moreno arrancou com velocidade e chutou cruzado, obrigando o arqueiro corintiano a se esticar todinho para evitar o pior.

Durante o primeiro tempo, quem mais criou oportunidades de gol foi a Raposa, que fez valer o título de possuir uma das melhores campanhas fora de casa. Sem medo do Pacaembu lotado e dos três atacantes corintianos, o Cruzeiro deitou e rolou no meio-campo, apresentando maior volume de jogo e rapidez na chegada ao ataque.

Aos 27 minutos, o Corinthians foi então castigado. O Cruzeiro arrancou com muita rapidez, com Jonathan, que tocou para Marcelo Moreno. O atacante foi ao fundo e tocou para trás, nos pés de Alecssandro. O irmão de Richarlyson recebeu a bola na pequena área e não perdoou, 1 a 0 Raposa.

O Corinthians tentou o empate ainda na primeira etapa, mas não foi feliz nas investidas. Aos 40 minutos, por exemplo, Gutasvo Nery não conseguiu dominar a bola dentro da área e apenas recuou para o goleiro Fábio.

O Timão voltou melhor no segundo tempo e chegou a criar boas oportunidades para igualar o placar, mas quem marcou foi o Cruzeiro, aos 17 minutos do segundo tempo. O atacante encheu o pé, de fora da área, sem chances para Felipe.

Com a vantagem no marcador, o time mineiro apertou a marcação no meio-campo e jogou nos contra-ataques. O Corinthians, em desespero, tentou de todas as maneiras atravessar a muralha cruzeirense, mas sem sucesso.

Em uma dessas jogadas de contra-golpe, a Raposa chegou ao seu terceiro gol na partida, para aniquilar o Timão e devolver o resultado do primeiro turno, quando o Corinthians venceu no Mineirão por 3 a 0. Alecssandro não perdoou o rebote de Felipe na pequena área e fechou o placar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]