Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Decreto do governo do estado impossibilita treinos e retorno do Paranaense
| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O Governo do Paraná estabeleceu em decreto nessa terça-feira (30) que intensificou a quarentena em sete regiões do estado por causa do crescimento de novos casos de pessoas com coronavírus. Com isso, durante duas semanas, só estão permitidas atividades essenciais, o que excluem os treinos de clubes.

Dos oito times classificados para as quartas de final do Paranaense, seis serão atingidos com o decreto, incluindo Coritiba e Paraná. Há a possibilidade dessas equipes conseguiram seguir os trabalhos por decretos municipais, mas o governador do estado, Ratinho Júnior, afirmou em entrevista coletiva que conversou com vários prefeitos e todos concordaram em seguir a determinação estadual.

O Athletico já não estava treinando por causa de um decreto municipal, já que é o único clube que treina em Curitiba. Assim, apenas Operário, em Ponta Grossa, e Rio Branco, em Paranaguá, estão liberados para treinar. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) planejava retornar o Estadual no máximo no dia 15 de julho, mas a tendência é que isso não ocorra diante do novo decreto.

Até o fechamento dessa matéria, a FPF não tinha se manifestado oficialmente sobre o assunto.

>> Dirigentes de Athletico, Coritiba e mais seis clubes se reúnem com Bolsonaro

Leia Também:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]