Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Na véspera do dia em que completaria 33 anos, o atacante Edmílson sofreu uma contusão que abalou sua carreira. Recém-chegado ao Coritiba, no jogo contra o Cascavel, em 25 de março, o jogador rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e achou que só voltaria ao futebol no ano que vem.

Mas a recuperação surpreendeu o camisa 9 e também os médicos. Pouco mais de cinco meses depois da lesão sofrida no Estádio Olímpico, em Cascavel, o jogador já faz trabalhos leves com bola e renovou a esperança de ainda defender o Coxa na Série B.

"Quando a pessoa é determinada e quer jogar ainda neste ano, nada impede. Só tenho a agradecer aos médicos, fisioterapeutas e a Deus", afirmou o centroavante, que marcou cinco gols no Estadual até se machucar.

Para ter sucesso no período pós-cirurgia, Edmílson teve que se dedicar dia e noite aos trabalhos de fisioterapia. O empenho do jogador no tratamento é responsável pelo pouco tempo longe da bola.

"Eu achava que meu ano tinha acabado. Só que é bem pelo contrário. Um mês após a cirurgia senti que era possível estar pronto mais rápido do que o previsto", disse o empolgado jogador.

Entretanto, o médico Lúcio Erlund, chefe do departamento médico alviverde, ainda quer muito cuidado no retorno de Edmílson. Segundo ele, a recuperação está dentro do previsto.

"O Edmílson está indo muito bem, deve voltar a jogar dentro da média dos jogadores, entre seis e oito meses após a lesão", ponderou.

"Comparado com o Keirrison [atacante que passou pela mesma contusão no joelho em 2006], ele está na frente. O Keirrison só chegou na fase em que o Edmílson está hoje em novembro", lembrou, o médico, considerando que a lesão de Keirrison ocorreu em fevereiro do ano passado.

No entanto, não há garantia de que o atacante voltará a jogar ainda em 2007. O temor é que casos recentes de reflexos negativos da contusão não surjam, como ocorreu com Dagoberto (Atlético) e Obina (Flamengo).

"Só vamos liberá-lo com total segurança. Não podemos correr o risco de prejudicar a saúde do jogador e o clube", avisou Erlund.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]