Kléber marcou 23 gols em 2016. | Lineu Filho/Gazeta do Povo
Kléber marcou 23 gols em 2016.| Foto: Lineu Filho/Gazeta do Povo

Livre do rebaixamento, o Coritiba tem dois objetivos nas duas últimas rodadas do Brasileirão. O primeiro é beliscar uma vaga na Copa Sul-Americana. O segundo é transformar o atacante Kléber no artilheiro do ano no Brasil.

TABELA: Veja como está a classificação da Série A

Com o gol de empate marcado no fim do jogo contra o Flamengo, que tranquilizou o Alviverde no Nacional, o camisa 83 alcançou a marca de 23 gols na temporada. O líder na lista de goleadores do país em 2016 é Robinho, do Atlético-MG, que já balançou as redes 25 vezes. A vantagem do jogador do Galo é o calendário mais cheio, já que o Galo está envolvido na final da Copa do Brasil. Por outro lado, a decisão do mata-mata pode fazer com que o atleta seja poupado na Série A.

Coritiba confirma permanência de Carpegiani para 2017

Leia a matéria completa

“Nós queremos que ele faça mais gols. Então tentamos ajudá-lo da melhor maneira possível. Assim como o Leandro que é o vice-artilheiro do nosso time”, afirma o lateral-direito Dodô.

GOLEADORES: veja quem são os principais artilheiros do Brasil em 2016

O Coxa enfrenta o Vitória, segunda-feira (28), às 20h, no Couto Pereira, e fecha o campeonato na semana seguinte contra a Ponte Preta, em Campinas, no domingo (4).

Empatados com Kléber no ranking de artilheiros estão os atacantes Fred, também do Atlético-MG, e Bruno Rangel, da Chapecoense. O centroavante Anselmo, do Fortaleza, parou nos 23 gols e não joga mais nesta temporada. Grafite, do Santa Cruz, corre por fora com 22 bolas na rede, assim como Roger, da Ponte Preta, e Rodrigão, do Santos.

Com 33 anos, Kléber registra uma de suas melhores temporadas na carreira e pode bater seu recorde de gols em um mesmo ano. Em 2009, pelo Cruzeiro, ele também deixou sua marca 23 vezes. Já em 2010, o Gladiador viveu seu auge, com 24 gols, por Cruzeiro e Palmeiras.

“Ele não chegou a pedir a bola para fazer os gols, mas é o papel dele. O Kléber é um cara muito focado e que sabe fazer gols. Eu tenho certeza que ele vai buscar o Robinho e tentar passá-lo nessa briga pela artilharia do ano”, torce o meia e companheiro Yan, que deve ser titular e um dos responsáveis por ‘servir’ o atacante contra o Vitória.

Os artilheiros do Brasil em 2016:

1º- Robinho (Atlético-MG) - 25 gols

2º - Kléber (Coritiba); Fred (Atlético-MG/Fluminense); Bruno Rangel (Chapecoense); Anselmo (Fortaleza) - 23 gols

6º - Grafite (Santa Cruz); Rodrigão (Santos/Campinense); Roger (Ponte Preta/Red Bull Brasil) - 22 gols

9º - Gabriel Jesus (Palmeiras); Ricardo Oliveira (Santos); Nenê (Vasco); Hernane (Bahia); Bill (Ceará) - 21 gols

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]