|
| Foto:

Chegou ao fim ontem, de forma amigável, a dupla Alison e Emanuel. Campeões mundiais em 2011 e medalhistas de prata na Olimpíada de Londres em 2012, eles encerraram a parceria conquistando o título da etapa de São José do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, em Santa Catarina. Na final, vitória sobre Jorge e Pedro Solberg por 2 sets a 1 – 17/21, 21/19 e 15/9.

Alison, que completou 28 anos no sábado, e Emanuel, que fará 41 em abril, estavam juntos desde 2010. A parceria, que treinava no Rio, chegou ao fim por decisão de Alison, que decidiu voltar para casa, em Vitória (ES), e deverá formar dupla com Bruno Schmidt – que abandonou Pedro Solberg, não tão amigavelmente, pelo mesmo motivo.

Solberg, filho da ex-jogadora de vôlei Isabel, mora no Rio, assim como Emanuel, e é apontado como principal candidato a novo parceiro do maior campeão do vôlei de praia de todos os tempos. Ao vencer neste domingo em São José, ainda com Alison, o veterano de 40 anos chegou ao seu 150.º título nas areias – o recorde antigo era do norte-americano Karch Kiraly, com 148.

Na última conquista, uma vitória suada, de virada, sobre Jorge e Pedro Solberg, dupla formada especialmente para esta etapa do Circuito Brasileiro. "É muito bom jogar vôlei de praia. Essa grande final demonstrou isso. E se eu não tivesse um parceiro tão aguerrido ao meu lado, não teríamos vencido. Finalizamos essa parceria da melhor maneira possível, um momento glamouroso", exaltou Emanuel.

"Jogar com essa pressão, sabendo que tudo estava para acabar, não foi fácil. Pensava no último ponto, no último abraço dentro de quadra, na última comemoração... Mas o importante é que nós nunca deixamos de acreditar um no outro. Superei várias adversidades no início, pois era praticamente um menino e muitos não achavam que poderia dar certo. Mas o Manu [Emanuel] apostou em mim e passei a jogar com uma enorme responsabilidade. Foi gratificante e bom demais todo esse tempo em que passamos juntos. Estou muito feliz", afirmou Alison.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]