113654

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Final da Copa do Brasil é um passo adiante no planejamento coxa

Copa do Brasil

Final da Copa do Brasil é um passo adiante no planejamento coxa

Vencendo o Ceará nesta quarta, Coritiba chegará pela primeira vez à final da Copa do Brasil e estará a dois jogos da Libertadores, objetivo traçado só para 2013

  • Fernando Rudnick
Marcelo Oliveira quer celebrar o grande momento do Coritiba em 2011 com a classificação à final da Copa do Brasil |
Marcelo Oliveira quer celebrar o grande momento do Coritiba em 2011 com a classificação à final da Copa do Brasil
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Final da Copa do Brasil é um passo adiante no planejamento coxa

“Se me perguntassem, no início de janeiro, se o Coritiba estaria neste momento perto da final da Copa do Brasil, eu não imaginaria”. Além de sincera, a frase do vice-pre­­sidente coxa-branca, Vilson Ribeiro de Andrade, coincide com o pensamento de boa parte da torcida alviverde. Hoje, a partir das 21h50, esse mesmo torcedor, papel no qual Andrade está mais do que incluído, estará no Couto Pereira para ajudar o time a ir além do antes inimaginável.

Com uma vitória simples diante do Ceará, o Coxa alcançaria – pela primeira vez – uma final de Copa do Brasil. O centenário clube estaria, então, a dois passos de uma inédita conquista e de uma sonhada vaga para voltar a disputar a Libertadores em 2012. Se o placar zerado do primeiro jogo se repetir, a decisão vai para os pênaltis. Empate com gols ou vitória dos visitantes elimina o Alviverde.

A trajetória avassaladora até a semifinal do torneio mata-mata animou o grupo coxa-branca e fez crescer um desejo que estava guardado para mais tarde – chegar à maior competição continental em 2013 era a meta inicial. Triunfos sobre Ypiranga-RS, Atlético-GO, Caxias e, por último, Palmeiras, com direito à goleada por 6 a 0 que encantou o país, anteciparam a possibilidade de alçar o Coxa a um patamar mais alto.

“Conquistamos o Paranaense, que era nosso objetivo, e esperávamos fazer um bom papel nas ou­­tras competições. Mas, com muito trabalho, fomos chegando e agora estamos perto”, afirma Andrade.

A mesma felicidade está estampada no rosto do técnico Marcelo Oliveira. Aos 56 anos, o mineiro está no auge da carreira. “É a possibilidade e a oportunidade de entrar para a história do clube, percebendo que o Coritiba nunca chegou a uma final, nem ganhou uma Copa do Brasil. E nem esses jogadores ganharam”, declara o comandante, explicitando o desejo de conquistas de seu grupo.

Somente o zagueiro Pereira – vetado pelo departamento médico –, campeão brasileiro pelo Santos em 2002 e 2004, e o meia Rafinha, que esteve no grupo do São Paulo que venceu o Nacional em 2007, têm no currículo títulos nacionais de expressão. “É uma oportunidade única. Pode ser a de nossas vi­­das”, diz o goleiro Édson Bastos. “Seria um resultado único. Vamos dar o melhor para conseguirmos isso, para o clube e nós mesmos”, emenda o meia Davi. “Particu­larmente, nesta semana falamos muito sobre isso”, faz coro o za­­gueiro Demerson – que volta após desfalcar a equipe contra o Atlético-GO, pelo Brasileiro.

“Construímos esse momento através do nosso trabalho. E nada melhor do que celebrar isso com uma grande vitória, respeitando nosso forte adversário”, fecha o treinador.

Ao vivo

Coritiba x Ceará, às 21h50, na RPC TV, na Rádio 98 FM (98,9) e no tempo real da Gazeta do Povo.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE