Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Mercedes admitiu pela primeira vez que negocia com Michael Schumacher para a temporada de 2010 da Fórmula 1. O diretor da equipe, Nick Fry, disse nesta sexta-feira que realmente há o interesse da montadora no retorno do hexacampeão ao Mundial.

"O possível retorno de Schumacher seria bom para nossa equipe", disse Fry durante um evento em Abu Dabi. O dirigente deixou escapar que realmente há uma negociação em curso quando afirmou que a equipe conversa com outros pilotos. "Para o caso de Michael decidir não correr", explicou.

Schumacher, de 40 anos, está fora da Fórmula 1 desde o GP do Brasil de 2006. Dono de sete títulos e dos principais recordes da categoria, ele tentou voltar às pistas substituindo Felipe Massa na Ferrari, mas foi vetado por seu médico. Devido a um acidente de moto, Schumacher sente dores constantes no pescoço e nas costas.

Diante do interesse declarado da Mercedes, o grande impasse para o retorno do alemão à Fórmula 1 seria clínico, já que ele teria de passar por novos exames. A Ferrari, com a qual o piloto tem contrato de consultor, já disse que aceita liberá-lo para juntar-se a outra escuderia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]