063630

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Logotipo Futebol 2019
PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Futebol
  4. Atlético PR
  5. Atlético demite o técnico Cristóvão Borges

paranaense

Atlético demite o técnico Cristóvão Borges

  • Gazeta do Povo
  • Atualizado em às
Cristóvão comandou o Atlético em 20 jogos: sete vitórias, sete empates e seis derrotas. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Cristóvão comandou o Atlético em 20 jogos: sete vitórias, sete empates e seis derrotas. Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Atlético confirmou na manhã desta sexta-feira (4) a demissão do técnico Cristóvão Borges. “O Atlético Paranaense informa que Cristóvão Borges não é mais o treinador do Clube. A decisão foi tomada em comum acordo.O CAP agradece os serviços prestados e deseja sucesso em sua carreira”, afirma a curta nota publicada pela diretoria rubro-negra no site oficial do clube.

Embora sem confirmação da diretoria, o paranaense Cuca, que estava no futebol chinês, surge como o possível substituto.

O diretor de futebol do Atlético, Paulo Carneiro, explicou em entrevista coletiva antes do treino no CT do Caju na manhã desta sexta que os resultados foram determinantes na troca de comando. “Estamos profundamente decepcionados com os resultados, principalmente no Estadual, pois não planejamos a equipe para ter esses resultados”, enfatizou o cartola.

Carneiro afirma que, apesar da demissão de Cristóvão, a culpa pelos maus resultados não é apenas do treinador. “Os jogadores têm grande parcela de responsabilidade sobre isso e serão cobrados rigorosamente e profissionalmente para uma reação imediata”, reforçou o diretor de futebol. Quinta-feira, o Atlético chegou à quarta partida sem vencer no Estadual, no empate em 1 a 1 com o Foz na Arena da Baixada.

Borges chegou no Furacão em 4 de outubro de 2015. Na estreia, empatou com o Cruzeiro, na 30ª rodada do Brasileiro, por 2 a 2. No total, comandou a equipe em 20 jogos, com sete vitórias, sete empates e seis derrotas. A fraca campanha no Estadual – 12 pontos em sete jogos – foi o estopim para a tomada de decisão da diretoria. Ao final do término da partida com o Foz, nesta quinta-feira (3), a torcida pediu a saída de Cristóvão.

Segundo Carneiro, a diretoria ainda vai se reunir nesta sexta para definir quem vai comandar o Atlético diante do Londrina, domingo (6), no VGD, pelo Paranaense. O comandante para essa partida será Marcelo Vilhena ou Bruno Pivetti, da comissão técnica permanente do Furacão.

Novo treinador

Carneiro se esquivou da possibilidade de o Furacão trazer Cuca para o comando da equipe.”Não se especulam nomes. Se contratarmos alguém de fora vocês serão informados no momento oportuno que se concretizar “, limitou-se a dizer do novo treinador.

Entretanto, garantiu que o português Sérgio Vieira, funcionário do Atlético que é destaque no comando da Ferroviária no Campeonato Paulista e chegou a comandar a equipe em uma partida da Sul-Americana antes da contratação de Cristóvão, não vai retornar agora.

““Não se constrói uma estrada fazendo buracos na outra. A parceria com a Ferroviária vai continuar e não vamos interferir no trabalho que esta sendo feito lá, que vem rendendo bons frutos “, ressaltou o diretor.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>