Na primeira fase da Primeira Liga, Atlético venceu o Fluminense por 1 a 0. | /
Na primeira fase da Primeira Liga, Atlético venceu o Fluminense por 1 a 0.| Foto: /

Atlético e Fluminense não sabem quando e nem onde farão a final da Primeira Liga. Com o avanço das equipes à decisão, o conflito de datas com jogos dos dois times pela Copa do Brasil e do Flu pelo Campeonato Carioca pode fazer a final do torneio ser adiado para o final do mês de abril.

“O Atlético não vai se apequenar diante de nenhum adversário”, garante Autuori

Leia a matéria completa

Inicialmente marcada para o dia 31 de março, a decisão da Sul-Minas-Rio foi postergada para 7 de abril, já que dois cariocas, Flamengo e Fluminense, estavam nas semifinais do torneio e a quarta rodada da Taça Guanabara tem jogos programados para os dias 30 e 31. Porém, o Tricolor das Laranjeiras tem marcado o confronto de ida da Copa do Brasil contra a Tombense-MG, no dia 6, o que também impossibilita o jogo de ocorrer conforme a nova programação.

No meio de semana seguinte, dia 14 de abril, Atlético e Fluminense fazem as partidas de volta do mata-mata nacional, contra Brasil de Pelotas e Tombense, respectivamente. Os jogos da competição podem empurrar a final da Primeira Liga para o dia 21 de abril, primeira semana com folga no calendário para os dois times.

Segundo o clube carioca, ainda não há uma definição de qual jogo pode ser transferido. O Fluminense aguarda um posicionamento da CBF, responsável pela tabela da Copa do Brasil, mas ainda não foi comunicado de qualquer posicionamento da entidade.

Local

A indefinição do dia causa também uma incerteza quanto ao local da partida. Mandante da decisão por ter melhor campanha na primeira fase, o Fluminense aguarda uma solução do conflito de datas para definir o local.

O clube não pode contar com o Maracanã e com o Estádio Nilton Santos, entregues ao Comitê Olímpico Internacional para a Olimpíada Rio-2016, e tem alternado seus mandos entre Volta Redonda, Cariacica-ES e Brasília. A semifinal, realizada no Mané Garrincha,na Capital Federal, levou somente cerca de seis mil pessoas ao estádio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]