Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Roberto abriu o placar na Arena. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Roberto abriu o placar na Arena.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Jogando a última partida na Arena da Baixada neste ano, o Atlético não teve dificuldades para bater o Flamengo por 3 a 0, neste domingo (29), com dois gols do zagueiro Cléberson e um do lateral-esquerdo Roberto.

TABELA: Veja a classificação da Série A

A partida, válida pela penúltima rodada do Brasileirão 2015, teve como atração a titularidade do lateral-direito Alessandro, campeão brasileiro com o Furacão em 2001, que atuou até os acréscimos do 1.º tempo. Desde a sua volta, em maio, o ídolo atleticano ainda não tinha entrado em campo com a camisa do Atlético. O lateral recebeu no intervalo uma placa em homenagem à trajetória com a camisa do Furacão.

LANCE A LANCE: Veja como foi o jogo entre Atlético e Flamengo

O Atlético abriu o placar logo aos 12 minutos, quando Nikão achou Roberto na entrada da área e o lateral chutou forte, sem chance de defesa para o goleiro Paulo Victor. O gol inflamou os quase 24 mil pagantes que compareceram à Arena, e deu início o domínio que o Atlético exerceu sobre o Flamengo ao longo de toda a partida.

Antes do fim do primeiro tempo, o zagueiro Cléberson ainda marcou aos 32 minutos em nova assistência de Nikão. Em seu quarto jogo no ano após ter ficado 8 meses se recuperando de lesão, Cléberson marcou novamente de cabeça, aos 22 do segundo tempo, definindo o placar de 3 a 0.

“Era um sonho meu. Ano passado quase fiz dois [gols na mesma partida] e nesse último jogo na Arena no ano consegui. Já tinha feito dois gols na mesma partida jogando na base em outro clube, mas no profissional foi a primeira vez”, comentou o defensor, que na semana passada completou 100 jogos com a camisa atleticana.

Clima eleitoral ofusca passeio do Atlético contra o Flamengo

Leia a matéria completa

O jogo também marcou o reencontro do técnico Cristóvão Bórges com o Flamengo, seu último clube antes do Atlético. “Estudamos as últimas equipes que jogaram contra o Flamengo, o Santos e a Ponte Preta, e tiramos muitas coisas desses jogos que pudemos tirar proveito. Trabalhamos as coisas bem direcionadas para esse jogo e a maneira como nos posicionamos foi boa”

Com a vitória, o Atlético subiu três posições na tabela, encerrando a rodada na nona colocação. O Rubro-negro joga a última partida do campeonato no próximo domingo contra o Santos, na Vila Belmiro. Já o Flamengo foi um dos ultrapassados pelo Atlético, e ficou em 12.º. O time carioca recebe o Palmeiras no Maracanã no encerramento da temporada.

O Furacão dominou desde o início e os dois gols no primeiro tempo, ambos com assistência de Nikão, já frearam qualquer possibilidade do Flamengo brigar por pelo menos um ponto fora de casa.

Craque

Cleberson
Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Após ter completado 100 jogos com a camisa do Atlético na semana passada, o zagueiro teve a felicidade de fazer dois gols no último jogo do ano na Arena. Na defesa, não teve muito trabalho e fez boa atuação.

Bonde

Dupla de zaga do Flamengo

Wallace e César Martins contribuíram diretamente em dois gols do Atlético, deixando zagueiro Cleberson totalmente livre para marcar em dois lances de bola parada.

Emocionado, Alessandro se despede do Atlético e é ovacionado pela torcida

Leia a matéria completa

Guerreiro

Alessandro

O lateral-direito foi escalado de titular atendendo um pedido da torcida atleticana, em homenagem ao jogador campeão brasileiro com o Furacão em 2001 . Aos 38 anos e sem ritmo de jogo, sua substituição estava prevista para os 15 minutos do 1.º tempo, mas Alessandro vinha fazendo um bom jogo e acabou aguentando até os acréscimos, quando foi substituído por Eduardo.

Chave do jogo

Gol no começo

O golaço de Roberto logo aos 12 minutos de jogo acendeu ainda mais a torcida rubro-negra e não deixou cair o clima festivo da despedida do lateral Alessandro

Gols

1º Tempo

1x0 - 12 min: Roberto recebe passe de Nikão na entrada da área e manda uma bomba no ângulo do goleiro Paulo Victor.

2x0 - 32 min: Após cobrança de falta de Nikão, Cleberson aproveita o cochilo da zaga do Flamengo e cabeceia sozinho para o gol.

Integrantes das chapas CAPGigante e Atlético de Novo brigam em frente da Arena. Veja vídeo

Leia a matéria completa
2.º tempo:

3x0 - 22 min: Cleberson aparece de novo livre na área, após cobrança de escanteio de Hernandéz, e cabeceia para o gol.

Cartões

Amarelos: Éverton, Paulinho (Flamengo); Weverton(Atlético)

Suspensos

Atlético: Weverton

Flamengo: Paulinho

Próximo jogo

Atlético: Santos (fora)

Flamengo: Palmeiras (casa)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]