Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Ricardo Stuckert/CBF
| Foto: Ricardo Stuckert/CBF

O campeão Palmeiras dominou o Prêmio Brasileirão 2016. Ao todo, o time teve sete jogadores na seleção do campeonato, em cerimônia realizada na noite desta segunda-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Cuca foi eleito o melhor técnico. Além do Palmeiras, apenas Flamengo (2), Atlético-MG (1) e Grêmio (1) tiveram jogadores escolhidos para o time da competição. Para completar, o atacante palmeirense Gabriel Jesus foi eleito o craque da competição e o meia Zé Roberto, o autor do gol mais bonito, diante do Santa Cruz.

Não houve nenhuma surpresa entre os premiados, escolhidos a partir do voto de aproximadamente mil jornalistas que cobriram o Brasileirão – havia 11 mil habilitados para votar.

A seleção do Brasileiro ficou definida com Jaílson (Palmeiras); Jean (Palmeiras), Pedro Geromel (Grêmio), Mina (Palmeiras) e Jorge (Flamengo); Moisés (Palmeiras), Tchê Tchê (Palmeiras), Diego (Flamengo) e Dudu (Palmeiras); Robinho (Atlético-MG) e Gabriel Jesus (Palmeiras).

Seleção do Campeonato Brasileiro

O técnico Jair Ventura, que assumiu o Botafogo em agosto, na zona de rebaixamento, e levou o clube carioca à Copa Libertadores do próximo ano, foi escolhido o técnico revelação. O meia Vitor Bueno, do Santos, ganhou o prêmio de atleta revelação do campeonato.

Goleiro da Chapecoense morto no desastre aéreo da Colômbia, Danilo foi escolhido o “Craque da Galera”. A votação desse prêmio foi realizada via internet. Logo após a queda do avião que levava o time catarinense até Medellín, para a final da Sul-Americana, uma grande mobilização tomou conta das redes sociais para pedir voto no atleta.

O árbitro Raphael Claus, e os assistentes Marcelo Van Gasse e Rogério Zanardo, todos vinculados à Federação Paulista, foram apontados os melhores do Brasileirão 2016. Claus foi o árbitro que expulsou de maneira polêmica o atacante Kléber, do Coritiba , no jogo com o Fluminense. Ele alegou que o jogador, que havia entrado em campo três minutos antes do lance, o xingou acintosamente. A cerimônia também premiou Diego Souza (Sport), William Pottker (Ponte Preta) e Fred (Atlético-MG) pela artilharia do campeonato. Os três marcaram 14 gols cada no Brasileirão.

Clube mais homenageado na premiação, o Palmeiras também foi o mais desfalcado na cerimônia realizada na noite desta segunda-feira. Jean, Dudu, Mina e Cuca não foram à sede da CBF receber seus prêmios. O técnico chegou a se deslocar para o Rio com o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, no avião particular do dirigente. A aeronave, contudo, não conseguiu aterrissar no Aeroporto de Jacarepaguá devido às fortes chuvas e voltou a São Paulo.

Já o Flamengo, terceiro colocado do Brasileirão, ganhou o Troféu Fair Play por ser o mais disciplinado da competição. O time carioca foi o que menos levou advertências, recebendo 62 cartões amarelos nas 38 rodadas, uma média de 1,63 por partida.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]