Bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, Marcelo Oliveira será apresentado sexta-feira no Palmeiras. | Washington Alves/Washington Alves / Light Press /
Bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, Marcelo Oliveira será apresentado sexta-feira no Palmeiras.| Foto: Washington Alves/Washington Alves / Light Press /

Um dia depois de anunciar a demissão de Oswaldo de Oliveira, o Palmeiras contratou nesta quarta-feira (10) o técnico Marcelo Oliveira, bicampeão brasileiro com o Cruzeiro nos anos de 2013 e 2014. Preferido tanto pelo diretoria quanto pela torcida, Marcelo reeditará no time paulista a vitoriosa parceria emplacada com Alexandre Mattos no clube mineiro.

Ele será apresentado na sexta-feira (12), mas acordo e contrato foram fechados na segunda-feira, um dia antes de Oswaldo de Oliveira ser oficialmente demitido pelo presidente Paulo Nobre. Marcelo não vai dirigir o time no domingo, diante do Fluminense, no Allianz Parque.

O novo treinador do Palmeiras vem acompanhado de dois auxiliares, Argel Gonçalves e Tico dos Santos, e do preparador físico Juvenilson de Souza. O salário de Marcelo Oliveira deve ficar em R$ 400 mil.

A saída de Oswaldo de Oliveira foi decidida ainda no domingo após a derrota para o Figueirense, por 2 a 1, em Florianópolis. O técnico só não foi comunicado da demissão na segunda-feira porque estava no Rio de Janeiro, onde aguardava o nascimento de sua neta.

Na mesma segunda-feira, Marcelo aceitou a proposta do Palmeiras e, por telefone, fechou com Alexandre Mattos um contrato de dois anos. Dirigentes do clube paulista não anunciaram ainda a contratação de Marcelo para não serem acusados de falta de ética, uma vez que Oswaldo ainda não havia sido comunicado.

Do Cruzeiro, ainda interessa ao Palmeiras o zagueiro Manoel. E se o jogador aceitar a proposta do clube, vai ser liberado pelos mineiros sem cerimônia.

Marcelo Oliveira chega ao time paulista apenas oito dias após ser demitido do Cruzeiro. Lá o treinador não resistiu à pressão da torcida e à irregularidade da equipe neste primeiro semestre. A gota d’água foi a eliminação na Copa Libertadores com a inesperada derrota de 3 a 0 para o River Plate, no Mineirão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]