A Copa América do Centenário deve ser disputada nos Estados Unidos em conjunto com a Concacaf porque existe um contrato que a Conmebol vai respeitar. A informação foi divulgada nesta terça-feira (8) pelo o presidente da Associação Paraguaia de Futebol, Alejandro Domínguez.

O dirigente falou sobre o torneio em meio a rumores sobre a mudança da sede após o escândalo de corrupção na Fifa. O Chile apareceu nesta semana como um possível organizador do evento junto com Argentina e Uruguai. “Há um contrato firmado e se não for cumprido, é preciso sair pela via prevista. Até agora os contratos seguem e a Copa Centenário será disputada nos Estados Unidos”, disse Domínguez à rádio Urbana, de Assunção.

“A menos que a Concacaf não cumpra, a Conmebol vai respeitar o que está acordado. Uma vez firmado o acordo é difícil que se rompa”, completou o dirigente, um dos diretores do comitê executivo da Conmebol, considerado um homem muito próximo ao presidente Juan Angel Napout.

O torneio para celebrar os 100 anos da Copa América foi programado para junho do próximo ano nos Estados Unidos com a participação de 10 seleções sul-americanas e seis da Concacaf, mas sua organização ficou em dúvida depois de acusações da Justiça dos EUA contra dirigentes de futebol.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]