i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Sul-Americana

Para auxiliar, derrota na Colômbia não traz prejuízo ao Coritiba

Apesar de mais um revés diante do Itagüí, João Marcelo, que comandou o time no duelo, diz que a vontade demonstrada pelos jogadores fortalece a equipe para o Brasileiro

  • PorPedro Américo, especial para a Gazeta do Povo
  • 24/10/2013 22:53

A eliminação do Coritiba na fase internacional da Copa Sul-Americana, após derrota para o Itagüí, da Colômbia, por 2 a 1, nesta quinta-feira(24), não trará prejuízo ao Alviverde, segundo o auxiliar técnico João Marcelo, que esteve à frente do time do Alto da Glória no confronto em Envigado.

Mesmo perdendo mais uma vez para um time pouco conhecido no cenário internacional (o Coxa já havia sido batido pelos colombianos no Couto Pereira por 1 a 0), ele preferiu exaltar a vontade dos jogadores e avaliou como positiva a atuação de muitos atletas.

"É preciso destacar o lado positivo desse jogo, pois é só ver a partida que o Botinelli fez, que o Chico fez. Também dos jogadores como Iberbia, Escudero e o Zé Rafael. Resgatamos bastante coisas nesses atletas. Então não teve prejuízo nesse jogo, só ganho", defendeu João Marcelo.

O auxiliar argumentou também que um dos fatores que pesou para o revés na Sul-Americana foi o fato do Alviverde ir à Colômbia dividindo a atenção entre o torneio continental e o Brasileirão, já que enfrenta o vice-líder Grêmio no próximo domingo (27), às 18h30, no Couto Pereira.

"Viemos pensando nesse jogo e no confronto com o Grêmio. Alguns jogadores que estão aqui devem participar desse grupo de domingo. Até durante o jogo, quando vencíamos por 1 a 0, pensava em quem o [Péricles] Chamusca poderia usar", declarou. "Mas com um treino só [do grupo que jogou], o time foi muito bem. Fico orgulhoso pela luta", completou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.