Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pachequinho comandou o Coritiba no final do Brasileirão de 2015. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Pachequinho comandou o Coritiba no final do Brasileirão de 2015.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O presidente do Coritiba , Rogério Bacellar, fez questão de elogiar publicamente o auxiliar-técnico Pachequinho. Como treinador interino no final do ano passado, ele comandou a equipe nos últimos cinco jogos do Brasileiro, evitando o rebaixamento para a Série B após três vitórias, um empate e uma derrota.

“O Pachequinho vai se preparar para ser um dos maiores treinadores do futebol brasileiro. Isso estou dizendo em 2016. Porque ele não é apegado a cargo, ele é simplesmente apegado à profissão”, disse Bacellar na apresentação dos reforços do Coxa para 2016.

Apesar de optar pela contratação do técnico Gilson Kleina após o fim da temporada e dar mais tempo para Pachequinho preparar-se para o cargo, com direito a um estágio na metade do ano em Portugal, Bacellar valorizou o auxiliar e deu os parabéns ao funcionário.

“Ele vai ter sucesso na profissão porque é uma pessoa que vai estar muito bem preparada quando assumir um clube de futebol e nós vamos saber que ele vai ser um grande treinador. Parabéns Pachequinho pela tua conduta, pelo teu trabalho e o Coritiba só tem a ganhar tendo uma pessoa como você”, afirmou o presidente alviverde, enquanto o auxiliar assistia ao pronunciamento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]